O furo, onde está o furo?

6 de janeiro de 2008

Na telinha do computador, a caminho da CES, ficamos sabendo que a Warner Home Video decidiu não lançar mais discos HD-DVD e concentrar-se no Blu-ray. O que significa uma notícia dessas na véspera da abertura do evento mais importante do setor? Muito, mas muito mesmo! Basta dizer que a HD-DVD Association, capitaneada pela Toshiba, cancelou na última hora a festa que daria neste domingo para jornalistas e convidados, onde iria “comemorar” o sucesso de sua criação. Executivos da empresa, constrangidos, evitam falar do assunto.
 
Como jornalista, aposto um ingresso para um dos cinco shows do Cirque de Soleil em cartaz em Vegas, que todos os colegas especializados na área gostariam de ter dado esse furo: um dos maiores estúdios de Hollywood anuncia uma decisão que – salvo algum milagre completamente imprevisto – irá encerrar de vez essa estúpida guerra de formatos entre Blu-ray e HD-DVD. Mas a Warner guardou o segredo a muitas chaves, de modo que nenhum veículo de mídia conseguiu dar a notícia antes do anúncio oficial.
 
Nos meus tempos de repórter iniciante, a busca pelo furo era obrigação estimulada por editores mal-humorados e regada a cafezinhos e cigarros consumidos às dezenas todos os dias. Nestes tempos globalizados, acho que não há mais espaço para o furo, no sentido tradicional. E quem vier para a CES pensando em dar notícias “exclusivas”, pode sair decepcionado. Vale mais, acredito, a paciência e persistência em saber interpretar notícias como essa da Warner e seu impacto para a indústria e para o consumidor.
 
Vamos tentar fazer isso nos próximos posts.

3 Replies to “O furo, onde está o furo?”

  1. Miguel Winge disse:

    Orlando,

    Que frio! Eu não disse que não adiantava nem falar em HD-DVD que seria perda de tempo. O único formato viável é o Blu-ray Disc. A DVD WORLD somente apostou no Blu-ray depois que fui na IFA não tinha mais dúvida. É o futuro formato de alta resolução!

  2. Rogerio Caetano disse:

    Orlando

    Sempre achei que o Blu-ray ganharia esta guerra, tanto que já comprei o player mais barato do mercado que é o PS3, pelo qual fiquei encantado: O SOM é maravilhoso com um hometheater; Tem Wi-fi para acesso a Internet; O HD pode ser trocado por um de maior capacidade do mercado; e posso ver os filmes DIVX em melhor resolução; Não preciso falar da qualidade de imagem dos jogos E FILMES, né!
    Abraços

  3. José Olimpio Sousa/Salvador/Bahia disse:

    Não sei se esta notícia irá abalar o HD-DVD.A Philips também anunciou no lançamento do DVD+R que tinha apoio da Microsoft,Sony,HP e outros e o que se viu foi a vitória do DVD-R da Pioneer.Para se produzir o Blu-Ray é necessário novas máquinas enquanto para se produzir o HD-DVD é necessário pequenas modificações em máquinas já existentes que já produzem dvds normais e isto representa custo menor,além do mais os discos Blu-Ray possuem a sua gravação muito na superfície do disco o que o torna mais vulnerável a riscos de superfície.

Deixe uma resposta