Presidente high-tech

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Que a vitória de Barack Obama tem muito a ver com a internet, todo mundo já sabe. Obama foi o primeiro candidato a presidente dos EUA a perceber a força das mídias on-line. Montou seu blog e seu website (foto) logo no início da campanha, enviou a maior parte de suas mensagens aos eleitores por e-mail e- claro – contou com a força de seu carisma para aparecer sempre com aquele largo sorriso em todas as telas possíveis. Palmas para ele!

É evidente que a situação a partir de janeiro, quando Obama assume de fato, será bem diferente. Não bastará um sorriso de anúncio de creme dental, nem bilhões de e-mails, se ele não souber enfrentar a terrível crise em que seu país está mergulhado. Mas ele parece bem assessorado nessa área. Um dos efeitos de sua estratégia foi fazer os americanos se interessarem mais por política. O número de abstenções na última eleição foi significativamente menor do que nas anteriores.

Agora, Obama mantém a postura. Segundo a agência Associated Press, além de seu programa semanal de rádio ele fará aparições semanais no YouTube. Aliás, um vídeo gravado especialmente por ele já está lá para quem quiser conferir, entre dezenas de outros.

Espero sinceramente que essa não seja a única diferença entre Obama e os demais políticos.

No comments yet.

Deixe uma resposta