Garantia em forma de selo

6 de novembro de 2009

image001Os fãs das marcas Bose e Onkyo, distribuídas no Brasil pela Disac, acabam de ganhar mais um motivo para justificar essa preferência: os produtos agora virão com um selo de garantia da distribuidora, endossado pelos fabricantes. Sei que nem todo mundo no Brasil dá a devida importância a isso, mas o fato é que um selo como esse representa uma segurança a mais, num mercado tão afetado pela pirataria e o contrabando.

O selo holográfico “Procedência Garantida” criado pela Disac faz parte de uma campanha de conscientização, tanto para os consumidores quanto para revendedores. Significa que o distribuidor garante a origem do produto e se responsabiliza pelo suporte depois da compra, algo raro no País, além de seguir as regras do Código de Defesa do Consumidor. A campanha inclui material de ponto-de-venda para os revendedores credenciados e um hot site com mais informações sobre o selo.

Outra iniciativa interessante da Disac é dotar todos os seus produtos de cabos certificados pelo Inmetro, já incluindo o novo plugue de conexão elétrica que entra em vigor em janeiro.

Que o exemplo seja seguido por outras empresas.

2 Replies to “Garantia em forma de selo”

  1. Fernando disse:

    Este tipo de iniciativa é muito bem vindo. Ninguém melhor que um distribuidor para defender os interesses de seus pontos de venda. Porém tem o outro lado: Quantos consumidores estão dispostos a pagar o dobro pela segurança de um produto com origem legal? Onkyo e BOSE são vendidos no Mercado Livre pela metade do preço sugerido, portanto menos que o custo da loja. Eu sei, você sabe e os distribuidores sabem o problema que é comprar uma muamba recondicionada do Paraguai, ou ainda pior, pagar para um muambeiro trazer de lá. Sem garantia, sem assistência técnica, mas metade do preço… Coloca na balança. Eu não compraria, você não compraria e todos os distribuidores oficiais diriam que não comprariam. E os consumidores? O que eles querem? Serviços, apoio logístico, selos, garantia de um ano? Ou pagar metade do preço? Você acessa o site de uma loja e encontra um receiver Onkyo por 4000 Reais. Acessa o Mercado livre ponto com e encontra o mesmo pela metade do preço. O cara no Paraná ainda diz que tem nota e garantia!!! Qual a maioria das pessoas comprariam (e compram)?

  2. Mauro disse:

    Existe um elemento chave nesta historia toda que leva quase 40% e não faz nada: O governo. Quem deveria estar inibindo a circulação de mercadorias do paraguai, atividade que financia o contrabando de armas e drogas? A Policia Federal, que prefere usar seu efetivo para plantar escutas e espionar os “inimigos do Rei”…

Deixe uma resposta