Em busca da interatividade

Como se previa, emissoras de televisão, portais da internet e fabricantes de equipamentos estão em plena corrida para encontrar formas de explorar as novas mídias – uma corrida que, pelo visto, não tem data para terminar. Esta semana, a Globo apresentou sua nova programação e, mais uma vez, deixou clara a prioridade dada à internet e às plataformas móveis. Octavio Florisbal, diretor da emissora, revelou que está em estudos a criação de um sistema de “afiliadas online”, em moldes parecidos com o que vigora hoje na TV aberta. Exemplo: um site de alcance regional poderá se tornar afiliado do Globo.com e, assim, ganhar o direito de reproduzir conteúdos produzidos pela emissora para o formato web. Com seu vastíssimo arquivo, a Globo é, de longe, o grupo de mídia que tem melhores condições de gerar material atraente para quem gosta de ver vídeo online. Como será esse material? Que cara terão esses conteúdos? Acho que nem a Globo sabe (ainda)…

Enquanto isso, o SBT foi a primeira rede a fechar com um fabricante de TVs (Sony) para oferecer conteúdos específicos para essa nova mídia, que poderíamos chamar “webTV”. A partir de agora, quem adquirir um TV Sony terá acesso direto – sem computador – ao portal da emissora, que promete oferecer ali trechos de programas e conteúdos especialmente produzidos para o formato (que, é claro, tem características bem distintas de uma transmissão de TV normal). A Sony também já fechou acordo com a Band, mas ainda não foi divulgado que tipo de conteúdo será oferecido.

LG, Samsung e todos os grandes fabricantes também buscam ampliar a oferta de material online via televisor. A LG, inclusive, vai lançar em breve um pequeno módulo – cujo nome comercial é SmarTV Upgrader – que permitirá ao usuário acessar os sites das empresas parceiras do fabricante (veja aqui um vídeo). Entre esses sites, incluem-se Terra, UOL, NetMovies, MSN e uma infinidade de outros, inclusive alguns com sinal de alta definição (o acessório tem conexão HDMI). Mais interessante ainda é que o aparelhinho funciona com qualquer marca de TV, não apenas os da LG.

Meu colega Eduardo Bonjoch acaba de chegar de Santiago do Chile, onde acompanhou a apresentação da nova linha Samsung, também cheia de novidades nessa direção. Uma delas é que agora os smartphones e o tablet Galaxy da Samsung poderão, mesmo, ser usados como controle remoto para comandar TVs e outros aparelhos da marca (veja aqui).

Ainda vamos ouvir falar muito dessa tal de interatividade.

 

 

 

No comments yet.

Deixe uma resposta