Vem aí a guerra dos óculos

Nesta quarta-feira, a LG apresentou em Los Angeles a nova linha de TVs 3D com óculos passivo (veja aqui um vídeo). E amanhã, quinta, faz o mesmo em São Paulo. É a grande aposta da empresa para liderar o mercado mundial desse tipo de TV, enfrentando sua maior concorrente, a Samsung. Já vimos demonstrações do produto no ano passado, na IFA, e também em março último, no Brasil, mas agora a LG prepara-se para colocar os aparelhos nas lojas – provavelmente em julho.

Os TVs 3D passivos adotam uma tecnologia chamada FPR (Film Patterned Retarder), que na verdade é uma película aplicada sobre o display, cujas informações são lidas por sensores instalados dentro do próprio aparelho. Estes é que fazem a decodificação dos sinais paralelos (para cada olho), gerando o efeito tridimensional. A principal diferença para os modelos atuais é que, nestes, o decodificador está dentro do óculos – daí por que são chamados “ativos”. A LG, assim como outros fabricantes, identificou nos óculos a maior barreira para a popularização da tecnologia 3D. Pesados, caros e desconfortáveis, eles criam uma rejeição por parte do usuário.

Os óculos passivos são semelhantes àqueles de cinema: leves, práticos, bem menos incômodos e, principalmente, mais baratos. A LG promete vendê-los a partir de julho por menos de R$ 50, quando os ativos não custam menos do que R$ 350!

Mas, será que a qualidade das imagens é melhor? Difícil falar com base apenas em demonstrações feitas pelos fabricantes. Há defensores das duas tecnologias. Alguns dizem, por exemplo, que o padrão passivo corta a resolução da imagem pela metade; por outro lado, permite ângulo de visão lateral mais amplo, o que é essencial para preservar o envolvimento em 3D. Enquanto LG e Philips defende o modelo passivo, Sony e Samsung alinham-se em favor do ativo.

Ou seja, deveremos ter mais uma “guerra de formatos”, agora em torno dos óculos, não propriamente dos aparelhos. Em breve, vamos poder testar a novidade e comparar as duas opções. Aguardem.

No comments yet.

Deixe uma resposta