Café com bobagem

Com o (con)fuso horário ainda desajustado, lá vamos nós para mais uma edição da IFA. Durante o café de manhã, uma repassada nos sites de tecnologia para “medir a temperatura ambiente”. E, de cara, uma tremenda bobagem: o ministro das Comunicações dizendo que o Brasil terá smartphones a R$ 200 até o final do ano, fruto da política de incentivos oficial. Vi no IDG Now. Esta semana, a presidente Dilma deve sancionar a lei de desoneração para tablets e smartphones, aprovada pelo Congresso, e com isso, num passe de mágica, a indústria começa a vender seus aparelhos mais barato!

Tradução de quem conhece esse mercado: as conexões de banda larga vão ficar ainda piores. É incrível a capacidade dos governantes de alardear seus feitos por antecipação, como se estivessem prestando um grande favor à sociedade, mesmo sem ter certeza (não é possível ter certeza nesse caso) de que a medida realmente irá funcionar. E, se funcionar, quem poderá, de fato, se beneficiar dela? Lembram-se de quando o iPad ia ser fabricado no Brasil e cair de preço?

Diz ainda o texto que o ministro foi questionado por empresários do setor a respeito dos problemas de infraestrutura de rede no país. Para isso, claro, não há resposta à vista. O governo simplesmente não tem um plano – aliás, nem sabe por onde começar. Caberá à iniciativa privada montar essa infraestrutura, e isso, evidentemente, será feito segundo os interesses e conveniências da própria indústria.

Enfim, será ótimo poder pagar R$ 200 por um smartphone. Mas é interessante verificar antes QUAL smartphone. E, depois, ver se funciona. O resto é bobagem, para consumo rápido (por exemplo, no café da manhã).

No comments yet.

Deixe uma resposta