Google TV, enfim, sai do mundo virtual

A Sony anunciou para novembro a chegada às lojas brasileiras do Google TV, acessório que vai permitir acessar a internet através de qualquer televisor, mesmo que não seja do tipo smart. Com preço inicial de R$ 899, o lançamento significa um grande passo da empresa para consolidar a plataforma Sony Entertainment Network, sua rede mundial de entretenimento e serviços. Quem tem um TV Sony adquirido recentemente já deve ter experimentado; os usuários do PlayStation 3 também, através das atualizações oferecidas pela empresa; agora, o acesso se amplia a todo consumidor que comprar o Google TV.

Um dos trunfos da Sony nesse projeto é a parceria com a Globo, através do serviço Globo.TV, que já comentamos aqui. Trata-se da primeira investida do maior grupo de mídia brasileiro no chamado OTT (over-the-top). Acessando o site, é possível assistir, de graça, a conteúdos exibidos pela emissora, não exatamente ao vivo, mas poucas horas depois de irem ao ar. Hoje, esse privilégio é dos assinantes do portal Globo.com. Segundo a Sony, quem adquirir o Google TV também entrará nesse grupo, além de receber Netflix, Saraiva Digital e outros serviços OTT.

Nos EUA, o Google TV já foi lançado, mas ainda não se pode afirmar que seja um sucesso. Não sabemos se as especificações do modelo brasileiro serão as mesmas. Aqui, a Sony nem utiliza a marca Google; chama-o de “Internet Play”. Lá, a caixinha (foto acima) tem memória interna de 8GB, saída óptica para áudio e controle remoto com touchpad, teclado e sensor de movimentos; o comprador americano ainda tem direito a descontos na loja Google Play. Aqui, a Sony anunciou início da pré-venda para ontem (dia 15), mas até o momento em que escrevo (17h30 do dia 16) o produto não está na loja oficial da empresa.

O preço é de US$ 183, mas é bom saber que o aparelho vendido lá não funciona com TVs brasileiros, que exigem a certificação da Anatel.

No comments yet.

Deixe uma resposta