TV paga ganha, mas também perde

canais pagosA edição de abril da revista Tela Viva vai mostrar um levantamento detalhado sobre a audiência na TV por assinatura brasileira em 2012. E a conclusão mais importante é que, embora continuem crescendo em número de telespectadores, os canais pagos estão perdendo audiência. Aliás, a TV aberta sofre do mesmo problema já há alguns anos. Só que agora, além de concorrer com a TV fechada, enfrenta também a competição das chamadas “novas mídias”, um amplo guarda-chuva onde cabem todos os tipos de entretenimento digital disponíveis ao distinto público.

Diz o relatório que a audiência média dos canais fechados, das 6hs às 24hs, foi de 14,09 pontos no ano passado, contra 14,58 em 2011 (cada ponto equivale a 1% dos total de domicílios que pagam uma assinatura, 16,7 milhões em fevereiro, segundo a Anatel). Não é uma queda significativa, mas é uma queda. Executivos das operadoras e programadoras apontam como “vilões” a febre dos videogames, as redes sociais e o acesso à internet via aparelhos móveis. “Estamos nos preparando para ter uma oferta completa de conteúdo em outras plataformas, como video-on-demand”, disse à revista o diretor-geral da Discovery no Brasil, Fernando Medin, admitindo que cada canal precisa tomar suas providências para não perder público.

Mas o estudo da Tela Viva vai além. Mostra, por exemplo, que caiu muito a audiência das emissoras abertas entre os usuários de TV paga. Em 2008, 72,54% deles usavam suas assinaturas simplesmente para ter melhor recepção, e continuavam presos ao velho hábito de ver Globo, SBT etc. Quatro anos depois, o número caiu para 66,29%, mostrando que a programação da TV fechada está sendo mais atraente. Outra evidência disso é que, pela primeira vez, um canal de TV paga (Fox) obteve audiência média maior, ao longo do ano, do que uma rede aberta (RedeTV!). Neste caso específico, a amostra refere-se apenas ao público entre 18 e 45 anos e ao horário nobre (das 18hs às 24hs).

Confesso que esses 66% para mim ainda são um índice alto. Isso tem a ver, certamente, com a chamada “nova audiência”, a grande quantidade de famílias que entraram para a TV paga nos últimos dois ou três anos. São pessoas com hábitos de TV aberta e que ainda não descobriram o que a TV fechada oferece.

Interessante notar também que, pelos critérios de medição de audiência, a soma dos pontos obtidos por todos os canais pagos (4,75, ou cerca de 760 mil telespectadores/dia) só não é maior que a da Globo (5,57). Ou seja, tem mais gente assistindo Fox, TNT, SporTV etc. do que Record, SBT, Band… Não deixa de ser um bom sinal, dada a “qualidade” da programação dessas redes.

Em breve, vamos analisar melhor essa pesquisa. Aguardem.

No comments yet.

Deixe uma resposta