Imagens 4K, em eventos ao vivo

13 de março de 2014

awarhorse1Uma experiência inédita foi realizada no último fim de semana em Londres. Enquanto uma peça era apresentada no teatro New London, a poucos quarteirões de distância um cinema exibia em tempo real as imagens do espetáculo. A peça era War Horse (foto), baseada no mesmo livro que deu origem ao filme Cavalo de Guerra, de Steven Spielberg. As duas casas estavam lotadas. Não é propriamente uma novidade para os londrinos, que adoram teatro, mas desta vez as cenas foram captadas por seis câmeras 4K. As imagens que o público viu no cinema eram tão realistas que muitos saíram comentando que se sentiram como se estivessem no teatro.

A iniciativa foi da Sony, como parte de suas ações de marketing para promover a tecnologia 4K – muitas dessas ações acontecerão durante a Copa do Mundo, em junho. “Queremos fazer o mesmo durante alguns jogos do Mundial”, disse David McIntosh, diretor da área de cinema digital na empresa. A aposta é ambiciosa. Como patrocinadora do evento, a Sony precisa explorar ao máximo essa oportunidade que acontece a cada quatro anos. E a tecnologia Ultra-HD é um excelente trunfo.

McIntosh argumentou que determinados eventos atraem tanta gente que não há espaço físico para todos. “Estamos falando de democratização da cultura e dos conteúdos. Mesmo que você não possa ir a um show ou peça de teatro, assisti-lo numa tela de cinema em 4K nos faz sentir como se estivéssemos lá.”

O repórter Steve May, do site Tech Radar, assistiu à peça no cinema procurando a melhor posição de visualização. Seu relato é de que chegando mais próximo à tela a sensação de envolvimento é total. Como são várias câmeras trabalhando em conjunto, um bom diretor de imagens pode transformar a percepção de quem assiste. Quando há muitos detalhes de cenário, por exemplo, a exibição em vídeo (no caso, cinema digital) chega a superar a, digamos, presencial.

Mas há um porém: o áudio. Numa boa montagem teatral, a captação de som ao vivo envolve o espectador. Isso tem a ver com a acústica da sala e o processamento do sinal. Como ali a intenção era destacar a imagem 4K, o som, diz o repórter, deixou a desejar. De qualquer modo, pode estar surgindo um novo formato para os espetáculos ao vivo. Graças à tecnologia.

Deixe uma resposta