Como gastar menos energia

pic-smart-gridFoi aprovado esta semana o protocolo da CEA (Consumer Electronics Association) para consumo de energia em aparelhos eletroeletrônicos. Estudado há pelo menos dois anos, o documento define normas para que o usuário saiba, em tempo real, quanto está gastando de eletricidade em sua casa. A ideia é que cada aparelho possua um código interno que permita ao consumidor identificar o consumo através de um aplicativo: usando seu tablet, smartphone ou notebook, ele conseguirá essa informação na hora. Se tiver uma rede Wi-Fi em casa, poderá acessar os dados de consumo através de qualquer dispositivo, até de seu televisor.

O protocolo CEA-2047 nasce como desdobramento de uma série de iniciativas que a indústria e o governo americanos vêm tomando para reduzir o consumo de energia em geral. No caso de eletrônicos e eletrodomésticos, já estão em vigor, por exemplo, normas sobre o consumo de televisores e o funcionamento de medidores inteligentes (smart meters); aliás, lá existe um órgão chamado SGIP (Smart Grid Interoperability Panel), composto por membros do governo e das empresas, que estuda a questão da comunicação entre os aparelhos e colaborou com a CEA na redação do novo protocolo. Há ainda a Green Button Initiative, espécie de consórcio em que várias empresas se comprometem a fornecer informações atualizadas sobre quanto seus produtos consomem.

Sem dúvida, foi dado um grande passo: o mundo precisa mesmo consumir menos energia. Que outros países sigam o exemplo. Agora, o protocolo 2047 será submetido a quem decide de verdade: o ANSI (American National Standards Institute). Se aprovado, passa a ter força de lei.

No comments yet.

Deixe uma resposta