Copa terá experiência em 8K

16 de junho de 2014

4k 8k uhdtv uhdPara quem gosta de futebol ou de tecnologia, a Copa do Mundo está sendo um espetáculo inesquecível. Acompanho ambos há décadas e não me lembro de um evento tão fascinante. Em campo, nunca se viu tantos gols, alguns belíssimos, em tão poucos jogos. Fora dele, um show de imagens coloridas como só a Copa é capaz de proporcionar, devidamente captadas por profissionais atentos e suas câmeras de última geração. Só se pode desejar que continue assim até o final (sim, a conversa sobre a roubalheira que envolve o futebol pode esperar para depois do último jogo).

Como anunciamos aqui, haverá transmissões especiais em 4K promovidas pela Sony em parceria com Globo, usando link terrestre UHF, e Globosat, esta através das operadoras Net, VivoTV e OiTV. Serão eventos fechados, só para convidados, nos dias 28/06, 04 e 13/07; talvez as operadoras de TV paga liberem decoders 4K para alguns de seus assinantes, mas isso ainda não está confirmado.

A Globo (TV aberta) anunciou que irá utilizar em seus eventos o primeiro decoder em tempo real para 4K com frequência de 60P (60 quadros por segundo), que é a última palavra em matéria de transmissão. As experiências anteriores haviam sido feitas com decoder 30P. O aparelho, produzido pela NEC, faz a compressão do sinal de vídeo 4K sem perdas, dispensando o uso de software adicional, o que gera imagem mais estável. É o primeiro passo para que tenhamos, daqui a alguns anos, transmissões regulares em UHD.

Outra novidade, divulgada pela colega Cristina De Luca no IDG Now, é a realização de testes também em 8K durante esta Copa. Serão feitos pela emissora japonesa NHK utilizando a infraestrutura de internet da RNP (Rede Nacional de Ensino e Pesquisa). Aproveitando que nove partidas serão transmitidas experimentalmente para o Japão, o sinal será gerado também para locais do Rio de Janeiro, onde poderá ser acompanhado por especialistas e convidados. Aliás, o primeiro jogo desse projeto já foi transmitido: Costa do Marfim 2 x 1 Japão, sábado passado.

 

Deixe uma resposta