As empresas que mandam no Brasil

19 de junho de 2014

Em ano de eleição, é sempre bom ficar de olho nos candidatos e em quem financia suas campanhas. Não é fácil acompanhar, mas a internet oferece ferramentas valiosíssimas – e há também a Lei de Acesso à Informação, que permite a qualquer cidadão verificar atos e documentos do governo em seus vários níveis. Recentemente, a revista americana Forbes fez um levantamento das 20 empresas mais poderosas do Brasil, identificadas como “donas do país”, o que vem quase a dar no mesmo. O ranking se baseia no faturamento e no poder dos grupos que controlam cada uma. Nem todas são brasileiras, mas alguns nomes, aposto que os leitores não conhecem. Vale a pena resumir aqui:

1.Telefônica – Controlada por grupos financeiros da Espanha;

2.Previ – Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil;

3.Telemar – Proprietária da Oi e controlada por um grupo de empresas em que se destacam BNDES, Previ, Funcef (Fundo dos Funcionários da Caixa Econômica Federal) e Petros (Fundo dos Funcionários da Petrobrás);

4.BBD Participações – Pertencente ao banqueiro Lázaro de Mello Brandão e ligada ao Bradesco;

5.Stichting Gerdau Johannpeter – Pertence à família gaúcha Gerdau;

6.Wilkes Participações – Tem parte do capital francês, mas é controlada pelo empresário Abilio Diniz;

7.Blessed Holdings – Das famílias Bertin e Batista, sua propriedade mais conhecida é a Friboi;

8.Banco Santander – Controle espanhol;

9.Jereissati Participações – Do empresário Carlos Jereissati, irmão mas desafeto do ex-senador Tasso Jereissati, é dona de parte da Oi/Telemar e da rede de shoppings Iguatemi.

10.Ultra – Grupo industrial com forte presença na área petroquímica, controlado pelas famílias Igel, Cunha e Castro Andrade;

11.Andrade Gutierrez – Uma das maiores construtoras do país, também tem participação da Telemar;

12.Rio Purus Participações – Da família Steinbruch, atua nos setores têxtil (grupo Vicunha) e siderúrgico (Vale);

13.Belga Empreendimentos – Maior do país no setor de açúcar e álcool, pertence à família Ometto;

14.Itaúpar – Holding que controla os bancos Itaú e Unibanco, pertence às famílias Setubal, Villela e Moreira Salles;

15.Casino Guichard Perrachon – De origem francesa, é dona da rede Pão de Açúcar;

16.Peninsula Participações – Outra propriedade da família Diniz, detém o grupo BRF, fortíssimo no setor de alimentos;

17.Lieppe Patrimonial – Holding da família Odebrecht (construção, petroquímica etc.);

18.Companhia Brasileira de Energia – Espécie de joint-venture entre o BNDES e o grupo americano AES;

19.Itaúsa Investimentos – Braço financeiro da Itaúpar;

20.Stichting InBev – Maior cervejaria do mundo, controlada pelos empresário Jorge Paulo Lemann, Carlos Sicupira e Marcel Telles.

Certamente, esses grupos estão entre os maiores financiadores de campanhas políticas do país. Para quem quiser explorar mais esse assunto, vale a pena conhecer o site Proprietários do Brasil. Contém ótimas lições sobre os caminhos cruzados entre poder político e poder econômico.

Deixe uma resposta