iPhone 6, à prova de arranhões

30 de julho de 2014

arranharComo sempre, boa parte do mundo da tecnologia está em suspense, aguardando o lançamento do iPhone 6. A previsão mais recente é setembro e, ao contrário dos modelos anteriores, este vem cercado de muitas interrogações. Sim, a Apple é famosa por esconder brilhantemente seus segredos, deixando escapar apenas o que lhe interessa. Mas, desta vez, muitos especialistas apostam que a empresa fundada por Steve Jobs não tem como competir com os novos Galaxy da Samsung. Será?

Em meio às especulações de costume, o blogueiro americano Marques Brownlee decidiu ir mais fundo no item que muitos consideram o grande avanço do iPhone 6: o tipo de tela. Será produzida com sapphire glass, novo tipo de vidro que utiliza em sua composição a safira, um dos materiais mais resistentes e rígidos da natureza. Brownlee, que assina com as iniciais MKBHD, garante ter conseguido dois exemplares do aparelho, quer dizer, do gabinete, o suficiente para testar a nova tela.

Num vídeo extremamente bem feito, ele demonstra que trata-se de material bem superior ao Gorilla Glass, usado nos iPhones anteriores. Com uma faca afiadíssima, o blogueiro tenta mas não consegue sequer arranhar a superfície do, digamos, smartphone. “Tem a espessura de uma folha de papel, totalmente transparente, e pode até ser dobrado, mas ainda assim não há como quebrar”, diz nosso expert (confiram aqui o vídeo).

O site The Register, que replicou o vídeo, apurou que a aposta da Apple é pra valer. A empresa teria adquirido vidro de safira em quantidade suficiente para três anos!!!

Curioso é que, dias depois de divulgar aquele vídeo, o mesmo MKBHD produziu este outro em que se retrata parcialmente: a tela de vidro safira pode, sim, ser danificada, embora isso exija certa paciência. Claro, ninguém vai comprar um aparelho desses para arranhá-lo, mas o interessante do vídeo é mostrar que a safira é, de fato, um material com altíssimo teor de dureza. Enquanto o aço de uma faca, por exemplo, tem índice 5.5, o Gorilla Glass é especificado em 6.8; já o Sapphire Glass está na casa de 9.0.

Pois bem, nosso amigo conseguiu provar que é possível arranhar a superfície com uma lixa de esmeril. O problema é que a tela não é feita de safira 100% pura, mas de uma liga com outros materiais. Pois é, já não vai dar para ficar brincando de arranhar seu telefone novo.

Deixe uma resposta