Critérios para comprar um TV

31 de julho de 2014

Meu velho pai costumava se queixar dos médicos quando diziam que ele estava bem de saúde. “Como eles podem saber que não tenho nada?”, chegou a dizer algumas vezes, praticamente exigindo que lhe dessem algum remédio. Sempre me lembro desses episódios quando um leitor nos pergunta: “Qual é o melhor TV”? Se respondemos com um reles “depende”, e isso já aconteceu várias vezes, uma reação comum é pensar que não entendemos nada e estamos fugindo para cima do muro!!!

Já fiz pessoalmente o teste com amigos especialistas em carros, por exemplo, perguntando sem rodeios: “Qual é o melhor”. Quase sempre, a lista de condicionantes e variáveis a ser consideradas é tão grande que propicia duas, três ou quatro respostas distintas. Na semana passada, a empresa americana de pesquisas NPD DisplaySearch divulgou um estudo mundial sobre os critérios que as pessoas adotam na hora de escolher um TV. Adivinhem: a exigência mais comum é o velho “ter a melhor imagem”. Ganha um TV OLED 4K quem conseguir decifrar o que vem a ser esse conceito.

Os outros critérios apontados pelos entrevistados foram, pela ordem, “qualidade de áudio”, “preço acessível” e “menor consumo de energia”. Isso nos países desenvolvidos; nos emergentes, os consumidores deram mais importância a “garantia e assistência técnica” do que à questão do consumo. Seguem-se conceitos como “fidelidade à marca”, “facilidade de uso” e adoção de “novas tecnologias” (o estudo completo pode ser visto aqui).

Os pesquisadores concluíram, a meu ver acertadamente, que o fato de a qualidade de imagem ser o fator mais importante tende a favorecer o aumento nas vendas de TVs 4K, à medida que mais pessoas vão conhecendo a novidade. Não por acaso, a NPD divulgou outro estudo apontando que os fabricantes irão entregar este ano, em todo o planeta, cerca de 1 milhão de TVs desse tipo, número que saltará para 30 milhões em 2017.

Resta saber se os consumidores realmente conseguem, ao entrar numa loja, identificar qual dos TVs oferecidos exibe a melhor imagem.

9 Replies to “Critérios para comprar um TV”

  1. WALTER CARNEIRO disse:

    Concordo com o resultado da pesquisa sobre a “qualidade da imagem”. Foi esse o principal critério que me levou, depois de 4 anos de pesquisa (prazo para economizar o dinheiro necessário), comparando LCD/Leds com Plasmas, a comprar a minha atual TV de Plasma Panasonic 65VT50b. Não foi pela marca que não me fascina; também analisei, na época Plasmas de outras marcas, mas foi pelo resultado exclusivo da qualidade absoluta da sua imagem que aganhou das outras por uma margem estreita, confesso. Hoje a 64F8500 da Samsung ombreia com a 65VT60b da Panna em qualidade absoluta de imagem, ambas em extinção…. Gostei também de poder ter acesso a muitos”Apps” via Net, “design”, WiFi, 4 entradas HDMI, 3 USB, bom som, e recursos razoáveis de gerenciamento da imagem (que são ainda mais completos no modelo americano da mesma). Espero que as futuras TVs OLED 4K possam nos surpreender no quesito “qualidade abosoluta de imagem”, tanto quanto as excelentes TVs de Plasma o conseguiram no passado recente… por um preço que o mortal comum aposentado possa pagar num ecrã de 65″ para cima.

  2. José Carlos disse:

    Boa tarde , Senhor Orlando Barrozo .

    Primeiramente lhe parabenizo pela reportagem ,fato é a realialidade da matéria .
    Em uma loja de eletrônico é dificil ate pra falar em qualidade de imagem de um televisor , pois alem da maioria dos Tvs estarem mal calibradas , temos o excesso de luz .
    Modestamente falando do pouco que entendo , dou prioridade a qualidade de imagem com certeza !!
    Lembro em uma matéria do Senhor divulgado ano passado , quando presenciou em uma Feira se não me engano na CES , em que a tv OLED , muito lhe chamou atenção e que poderiamos nós ( apaixonados por tv e imagem ) ate ir fazendo uma reserva para no futuro , adquiri la , o senhor lembra ?
    Gosto de me basear em suas informações como tambem do outro profissional Alex dos Santos e com certeza , quero muito ter ainda um tv OLED 4k de 72 a 80 polegadas , se Deus quiser !!
    Felicidades .

  3. Edison Ciscon disse:

    Acho que, quando somos fiéis a uma marca temos olhos apenas pra ela.
    Desde os anos 90 que minha preferência é pelos produtos da Sony, principalmente equipamentos de vídeo.
    Não é a toa que esta marca predomina até quando assistimos a filmes, mesmo de épocas diferentes esta marca está sempre presente.
    Agora a questão em identificar a melhor imagem de TV em uma loja é relativo porque, como saber como foram configurados os vídeos desses equipamentos.
    Se todos estivessem devidamente regulados e configurados da mesma forma, saberíamos escolher ou identificar o melhor TV.
    Estou certo? Orlando.

  4. Rubens Pires disse:

    Orlando,você que já teve oportunidade de analisar ambas,entre a plasma Panasonic e uma tv 4K,ambas com fonte fullhd,qual,no seu conceito, apresenta imagem melhor.Você acha que uma imagem full hd na tv 4 k fica melhor que num aparelho fullhd?

  5. Orlando Barrozo disse:

    Caro Rubens e demais amigos que se manifestaram, de fato, em todos os nossos testes, os TVs de plasma sempre apresentaram melhor desempenho em termos de resolução e contraste. Também é verdade que escolher um TV com base apenas nas imagens vistas na loja (especialmente um magazine, com dezenas de modelos à venda) é altamente arriscado. A meu ver, a principal vantagem da tecnologia 4K está na profundidade da imagem, que obviamente só pode ser percebida num TV 4K. Para ver imagens em Full-HD, não recomendo: o TV 4K faz upconversion automático das imagens, e esse é um processo artificial (é necessário aumentar a quantidade de pixels via software). Ou seja, a imagem perde um pouco de sua naturalidade. Espero que ter ajudado. Abs a todos.

  6. Rubens Pires disse:

    Obrigado pela dica,Orlando.

  7. José Carlos disse:

    Muito grato pelas respostas , Senhor Orlando .
    Estamos sempre atentos as informações e com certeza quando vou comprar um televisor quero sempre me espelhar na qualidade de imagem do tv.
    Saudações .

  8. Roberto disse:

    Amigos, na minha opinião, para o consumidor ( que é do que trata o artigo e para quem as TVs são produzidas e comercializadas _ e não para técnicos de laboratório) a “melhor qualidade de imagem” é o que ele percebe e fica feliz com o que está vendo. Portanto, é no ambiente no qual ele costuma assistir televisão ( com muita luz ou não, com reflexos _ dos mais sutis aos mais exagerados). Quantas e quantas vezes estive em casas de amigos e ao ver a regulagem da TV pergunto se consideram boa a imagem que estão vendo. Nunca ouvi uma resposta tipo ” realmente essa minha imagem não está boa”. Nenhum amigo, mesmo sabendo que sou um aficionado ( não digo profundo conhecedor) e exigente com imagem de TVs pediu-me para ” dar um pulo lá em casa para regular a imagem de minha TV”. Resumindo : qualquer dessas marcas e modelos de TVs _ me refiro às de ponta,claro _ apresentam a “melhor qualidade de imagem” para mais de 99% dos consumidores se reguladas ao gosto de quem as assiste. Decifrei o conceito, Orlando? Ganhei minha TV OLED 4K…..rsrsrsrsrsrs…..
    Parabéns pelo seu costumeiro excelente trabalho!

  9. Orlando Barrozo disse:

    Valeu, Roberto. Obrigado pelos comentários. Abs. Orlando

Deixe uma resposta