Google quer “comprar” a LG Display

Numa pequena amostra de como evoluem os negócios no mundo da tecnologia, vem esta notícia bombástica do jornal Korea Times: a Google Inc teria oferecido US$ 880 milhões para ficar com a divisão de displays do grupo LG. Saiu uma semana depois que a Apple comunicou acordo com a Samsung para fornecimento de 70 milhões (você não leu errado) de painéis OLED para equipar os novos iPhone que vêm aí.

Se for verdade, o acordo Google-LG terá muito mais impacto na indústria. Não seria bem uma aquisição, mas um aporte de capital para ajudar a LG a construir uma nova fábrica de displays OLED, que a Google usaria nos novos smartphones flexíveis Pixel, prometidos para este ano. Permitiria também a produção de painéis maiores, para TV, a custo mais baixo que os atuais. 

LG-Google vs. Samsung-Apple: sem dúvida, daria mais uma bela disputa de mercado?

De quebra, também nesta mesma segunda-feira a Foxconn, de Taiwan, anunciou oferta para assumir o controle da divisão de chips da Toshiba (detalhes aqui). Esta notícia, porém, acaba virando um rodapé, diante do alcance das outras duas.

No comments yet.

Deixe uma resposta