TV QLED: primeiro teste pra valer

A edição de setembro da revista HOME THEATER & CASA DIGITAL traz entre seus destaques o primeiro teste que fizemos de um TV com painel de pontos quânticos, o Samsung QLED de 65″ (mod. Q9F). Para complementar o trabalho, nossa equipe produziu um vídeo detalhado sobre o aparelho, analisando não apenas a qualidade de imagem (impressionante!), mas também a rapidez de processamento e navegação. Assistam aqui.

Esse teste, exclusivo, mantém nossa proposta de avaliar regularmente os melhores TVs do mercado, como mostram outros vídeos que fizemos ao longo dos últimos meses. Nem sempre há tempo e condições de estudar um aparelho tão detalhadamente. Este ano, nossa equipe já avaliou TVs top de linha das marcas LG, Sony e TCL, entre outros produtos, e já estamos recebendo novos modelos, que sairão nas próximas edições.

Duas observações importantes. Como é inevitável a pergunta (“qual deles é o melhor”?), vale a pena comentar que praticamente não há diferenças de desempenho entre eles. Todos são modelos de última geração, o que significa o uso de processadores mais eficientes para dar conta de tantos recursos que hoje os fabricantes embarcam nos TVs.

Sim, os OLED (até o momento, testamos apenas os da LG lançados no início do ano) continuam sendo superiores em termos de contraste, item que consideramos o mais importante para analisar a qualidade da imagem. Mas os LED-LCD evoluíram muito; sei que essa tecnologia tem “inimigos” ferrenhos, desde os tempos do plasma… A própria LG mantém em linha excelentes modelos desse tipo.

E agora temos os QLED, que são um avanço do LCD e conseguem ir além na questão do contraste, níveis de brilho e luminosidade realmente notáveis. Além da Samsung, a Semp TCL também está adotando os painéis de pontos quânticos. Voltaremos ao tema aqui em breve.

Uma outra importante reflexão, especialmente para quem está em vias de comprar um TV novo: como é difícil fazer a escolha na loja, diante de tantos modelos!!! Se há pouquíssimas diferenças na imagem, convém experimentar o aparelho, digo, seu controle remoto e as facilidades de navegação. Na era multimídia, isso passa a ser um diferencial inegável. Recomendo a experiência numa loja especializada, que tenha show-room dedicado e usando vários tipos de conteúdo (filmes, séries, desenhos, esportes, documentários), com cenas escuras e/ou de ação e alternando as fontes de sinal (DVD, Blu-ray, TV paga, TV aberta, smartphone, videogame).

Se após esses procedimentos você ficar satisfeito, pode comprar.

2 comentarios para TV QLED: primeiro teste pra valer

  1. Rubens 13/10/2017 at 10:57 pm #

    QLED nao é apenas um nome de marketing para o que ja existe ha anos? Por exemplo: as tvs da Sony com tela de pontos quanticos, que ja estao no mercado ha anos, nao sao QLEDs tambem?…

  2. Orlando Barrozo 17/10/2017 at 9:18 pm #

    Olá, Rubens. A tecnologia de pontos quânticos de fato não é nova. Veja este post de 2013: http://orlandobarrozo.blog.br/2013/06/11/quantum-dots-muito-alem-dos-pixels/. Algumas fontes indicam que foi inventada (ou descoberta) ainda nos anos 1980. A questão é que a Samsung comprou uma das patentes da QD Vision e colocou uma montanha de dinheiro para aperfeiçoar esse tipo de painel e, assim, poder enfrentar o OLED da LG. Chegou perto, mas ainda falta alcançar os mesmos níveis de contraste, já que a imagem continua dependendo muito do backlight. Espero ter ajudado. Abs. Orlando.

Deixe uma resposta