Apple entra no streaming com Spielberg

Todos os olhos estão voltados para Amazon e Netflix, mas há outras forças de olho no mercado mundial de streaming. E uma delas é a Apple, que decidiu aproveitar sua enorme base de usuários e seguidores para lançar um serviço exclusivo de filmes. Pelo que divulgou o The Wall Street Journal, que não costuma errar nessas contas, a empresa reservou nada menos do que US$ 1 bilhão para esse projeto. Vai produzir conteúdo original (séries e filmes) que só poderão ser vistos através de aparelhos Apple.

E, para mostrar que a aposta é pra valer, contratou simplesmente Steven Spielberg, o mais bem-sucedido produtor de todos os tempos, para a primeira de suas séries. Será um remake de Amazing Stories, que o próprio Spielberg produziu em 1985 (e que saiu no Brasil na época como Histórias Maravilhosas), inspirado numa série de TV dos anos 60, chamada Twilight Zone (aqui, Além da Imaginação). Mais: a Apple contratou para comandar sua divisão de streaming dois executivos da Sony, que entre outros êxitos têm no currículo Breaking Bad, The Blacklist, Better Call Soul e Masters of Sex.

No mínimo, esses caras vão fazer barulho. Aqui, um resumo do plano da Apple. E, aqui, um vídeo promocional que, 30 anos atrás, dava o que falar.

No comments yet.

Deixe uma resposta