Um salto gigantesco para a humanidade

29 de maio de 2019

FOTO: Nasa/Rex Features

No próximo dia 20 de julho, comemoram-se 50 anos da chegada do homem à lua. Lembro até hoje das imagens chuviscadas na TV preto e branco, com o locutor da Globo, Hilton Gomes, tentando traduzir as conversas entre os astronautas a bordo da nave Apollo 11 e a central da Nasa em Houston. Com aquele som, duvido que alguém tenha entendido os diálogos. Mas sabíamos que estávamos diante de um momento histórico.

Pois bem, essas e outras emoções poderão ser revividas agora, em escala digital e planetária, num esquema internacional que envolve a rede CNN e a Samsung, além da própria Nasa. Para promover seu TV QLED 8K, a empresa coreana criou uma campanha multiplataforma, sob o título “Making History”, cujo ápice será exatamente em 20/07. A ideia é que quem tiver um TV como esse poderá ver com muito mais riqueza de detalhes as imagens do documentário Apollo 11, que irá ao ar na CNN a partir do dia 23/06 dando início oficial à campanha – e, claro, interrompido apenas para um comercial do TV 8K (vejam aqui um dos anúncios).

Segundo os organizadores do evento, o filme – que será exibido várias vezes até a grande data – traz imagens e áudios inéditos da epopeia que foi a missão Apollo 11. Sabe-se agora que a Nasa possui um arquivo com mais de 11 mil horas de áudio, além de filmes registrados no formato 70mm, o supra-sumo da tecnologia cinematográfica então. Esse material foi reprocessado agora, numa colaboração entre a CNN e a equipe do cineasta Todd Miller, trabalho que durou dois anos.

O projeto prevê ainda uma série de vídeos institucionais destacando as atuais missões espaciais da Nasa, algumas delas comandadas por mulheres astronautas, cuja meta é levar naves tripuladas a outros pontos desta pequena galáxia onde todos viemos parar. 

Em tempo: no ano passado, a Nasa liberou imagens em 4K da superfície da lua, captadas por uma nave não tripulada. O vídeo está no YouTube e, visto numa tela grande, é de um impacto arrebatador. Demos detalhes aqui.

Devem ser imagens arrasadoras também as imagens da CNN, a julgar pelo trailer do documentário (confiram). Que provavelmente inclui a célebre frase do astronauta Neil Armstrong, o primeiro homem a pisar na lua: “Um pequeno passo para o homem, um salto gigantesco para a humanidade”. Só não vai trazer de volta a emoção daquelas imagens chuviscadas em preto e branco numa fria noite de julho.

Um comentario para “Um salto gigantesco para a humanidade”

  1. Julio Cohen disse:

    Assisti ao documentário Apollo 11 no cinema aqui nos EUA (projeção digital impecável) e é de tirar o fôlego! Vale cada segundo, infelizmente não lançaram em Bluray 4K, apenas via streaming.

Deixe uma resposta