Tempo quente na automação

27 de setembro de 2010

O clima desandou durante a CEDIA Expo, na semana passada em Atlanta, com a notícia de que a Savant, empresa emergente no setor de automação, está processando a Crestron, líder e mais tradicional empresa do segmento. O clima nos bastidores ficou irrespirável, com executivos das duas companhias olhando feio uns para os outros. Acusações de lado a lado eram ouvidas nos corredores da feira, numa prévia do que devem ser os próximos meses.

Resumo da novela: a Savant – que nasceu como uma espécie de “costela” da Apple, adotando o mesmo sistema operacional e os mesmos códigos para seus painéis de automação – acusa a Crestron de estar chantageando clientes para forçá-los a não vender sistemas da concorrente. “Vínhamos ouvindo esse tipo de reclamação há cerca de dois anos, mas nas últimas semanas o problema se tornou mais grave”, disse à revista Twice o fundador da Savant, Robert Madonna. “Não tínhamos escolha, precisávamos brecar essa prática, e ir à Justiça foi a única alternativa”.

Até o fim de semana, a Crestron negava-se a comentar o processo. Vamos aguardar os próximos capítulos.

Deixe uma resposta