Para onde vão os preços dos cabos

21 de fevereiro de 2011

Notícia publicada no site da revista americana Electronic House aponta o aumento repentino do preço dos cabos lá nos EUA. Segundo o texto, a cotação do cobre já subiu mais de 10% este ano. Culpa da China, que apenas em janeiro aumentou suas importações em 51%! O que os chineses estariam fazendo com tanto cobre, sabe-se lá. O fato é que isso, somado a um terremoto que destruiu minas do Chile mais a recuperação do consumo nos EUA, está fazendo decolar o valor do componente mais importante na fabricação de cabos. Em dois anos, a cotação nas Bolsas mais do que dobrou…

Há ainda o temor de que, com a nova crise entre os países árabes, suba também o preço do petróleo, usado na fabricação das capas dos cabos. Sem falar que, quando sobe o petróleo, aumentam os custos de transporte e… bem, todo mundo já sabe as consequências. Não sei se por aqui esses efeitos já estão sendo sentidos, mas sem dúvida essa não é uma boa notícia para ninguém.

2 Replies to “Para onde vão os preços dos cabos”

  1. Julio Cohen disse:

    Caro Orlando,

    É verdade. Na empresa compramos tubos de cobre para fabricar conectores e os preços dispararam. Parti para a compra direto dos fabricantes argentinos e chilenos e todos que consultei estão com a capacidade tomada, não aceitam pedidos a curto prazo.

    Abs

    Julio Cohen

  2. Fabio Tonello disse:

    será por pouco tempo. com a tecnologia wireless eles logo baixam por obsolescência

Deixe uma resposta