Apple contra-ataca Amazon e Google

5 de junho de 2017

 

 

 

 

 

Nesta segunda-feira, como esperado, a Apple anunciou o lançamento do HomePod (foto), sua versão para o produto eletrônico mais badalado da atualidade: a caixa acústica que responde a comandos de voz. Bem, não é simplesmente uma caixa acústica, pois serve para muito mais do que apenas ouvir música. Assim como o Echo, da Amazon, e o Google Home, esses aparelhos se propõem a revolucionar as atividades domésticas, do básico “atender telefone” ao controle simultâneo de diversos dispositivos espalhados pela casa.

O HomePod tem 15cm de altura e seis microfones embutidos. Atende às ordens do usuário, como “acender as luzes” ou “aumentar a temperatura da sala”, através do já conhecido aplicativo Siri. Alguns recursos podem ser acionados simplesmente encostando o dedo no aparelho. Um woofer voltado para cima se encarrega dos sons graves, como ao reproduzir música vinda do celular, por exemplo. E sete tweeters são montados para espalhar os sons em diversas direções, criando sensação de envolvimento.

Segundo a Apple, vai custar $349 quando for lançado, no final do ano. Fará parte da plataforma que a empresa desenvolveu para manter conectados todos os produtos de sua linha (iPhone, iPad etc), incluindo os acessórios HomeKit, que podem compor um sistema de automação de médio porte. 

O HomePod era o lançamento que faltava para acabar de vez com as dúvidas sobre que tipo de eletrônico irá dominar os ambientes domésticos num futuro cada vez mais próximo. Seu único problema está no fato de ser um Apple: se você não é adepto da marca, provavelmente vai preferir os concorrentes, até porque as plataformas Amazon Alexa e Google Assistant foram desenvolvidas para “conversar” com aparelhos de qualquer marca – menos Apple.

Será difícil resistir. 

Deixe uma resposta