Festival de tecnologia em São Paulo

25 de maio de 2018

Esta foi uma semana “cheia” para quem gosta ou trabalha com tecnologia. A capital paulista recebeu a 5a edição da TecnoMultimídia InfoComm Brasil, que antecipa em algumas semanas a InfoComm USA (04 a 09 de Junho, este ano em Las Vegas). Embora menor do que nos anos anteriores, a Feira pode ser considerada um show de novas tecnologias. Certamente, muitos dos visitantes, que vieram de todas as partes do país, nunca tinham visto algumas das soluções demonstradas.

Foi uma pena que grandes marcas internacionais, tradicionais no evento, não participaram desta edição. Muitos sentiram falta, por exemplo, de Yamaha, Shure, Harman, Sony, Panasonic, Kramer, BenQ e Crestron, que com certeza estarão em Las Vegas. Em compensação, outras marcas conhecidas – e algumas novas – brilharam no evento: Epson, NEC, Casio, Christie e Barco, com seus projetores, displays interativos e soluções de video mapping; a chinesa Leyard, uma das líderes mundiais em displays de grande porte para eventos, auditórios, sinalização digital e até estúdios de TV; e a alemã Sennheiser, que começa a reconquistar espaço no mercado brasileiro.

Os profissionais que vieram a São Paulo puderam ver ainda soluções em processamento e distribuição de áudio e vídeo, como nos estandes da chinesa ATEN (distribuída aqui pela Discabos), as americanas Extron (Cymtec) e RTI (Dealer), e a francesa Analog Way (PGM). Conheceram ainda novas marcas, como a canadense MuxLab, que chega através da distribuidora Rhox, sediada em Brasilia; a espanhola Work Pro, também da Discabos; a inglesa Lindy, que inicia agora seus negócios no país; e as americanas Zektor e Emotiva, representadas pela AV Group.

Essa última, aliás, foi a única empresa do segmento de áudio high-end a expor na Feira, o que lhe deu grande visibilidade. Além de suas marcas já conhecidas (Revel, Lexicon, Mark Levinson, JBL Synthesis e Lutron), atraiu muitas atenções com os projetores Wolf Cinema e as finíssimas telas da Screen Innovation. No campo do áudio, destacou-se também a paulistana AAT (Advanced Audio Technologies), com caixas acústicas, subwoofers, condicionadores de energia e o primeiro sistema de multiroom digital.

Mas provavelmente nenhum segmento chamou mais a atenção na TecnoMultimídia do que automação (residencial, predial e corporativa). Os estandes com demonstrações tiveram os maiores “congestionamentos” nos três dias de evento. Mais interessante ainda: Wow, Flex, Controllar e Exatron eram empresas brasileiras demonstrando soluções de nível internacional, ao lado de Biltech (que distribui a americana NuBryte), Discabos (com os sistemas da chinesa SBus) e outras.

Para quem não pôde visitar a Feira, recomendo conferir os sites de todas essas marcas. E também o nosso Business Tech Multimídia, onde aos poucos vamos detalhando tudo que foi mostrado nesses três dias. 

Deixe uma resposta