Cada um dá o que tem

O título acima, tirado de uma antiga pornochanchada, me veio à mente ao ler a notícia de que a EBC (Empresa Brasileira de Comunicação) – a estatal criada pelo governo para comandar a TV pública no País – contratou o jornalista Luis Nassif por R$ 180 mil para trabalhar como entrevistador. Não haveria nada de mais, não fosse o fato de Nassif ser hoje um dos principais propagandistas do governo Lula. No ano passado, ele já tinha sido contratado pela mesma empresa – e, como agora, sem licitação. Torna-se assim um prestador de serviços mais do que especial, embora não haja registro de recordes de audiência (ou de repercussão) em suas aparições.

Nassif, que se destacou como jornalista especializado em economia, há anos não encontra espaço na mídia. Montou uma agência de notícias que caiu em descrédito e acabou virando blogueiro daqueles que atiram para todos os lados; já andou dando palpite até na área de tecnologia. Com suas críticas ao governo FHC, caiu nas graças do PT e agora está tendo as devidas recompensas.

Pelo visto, é o que lhe resta.

No comments yet.

Deixe uma resposta