TVs 4K, caindo de preço

23 de setembro de 2013

sharp ultrahd-1lAcabou de sair nos EUA o primeiro TV 4K com certificação THX (mod. LC-70UD1U, da Sharp, foto ao lado). Tem 70 polegadas e vem sendo muito bem avaliado pelos sites especializados. Não sei se chega ao mercado brasileiro, onde a prioridade da Sharp no momento é colocar seus modelos Full-HD, com tamanhos de 60″, 70″, 80″ e 90″, numa boa quantidade de revendas especializadas. Mas o aval da THX é um bom trunfo da empresa para enfrentar Sony, LG e Samsung, que lançaram antes seus modelos 4K.

Na IFA, duas semanas atrás, a Panasonic também apresentou um modelo THX, de 65″, com previsão de lançamento antes do final do ano. A LG é outro fabricante que já lançou, no passado, TVs (LED-LCD) com o logotipo da empresa fundada por George Lucas. Mas, para a maioria dos consumidores, a pergunta que não quer calar é se vale a pena investir agora num TV 4K, cujos preços giram em torno de 50% a mais. Já houve uma queda significativa nos valores desde que os primeiros modelos foram lançados, e – como comentamos aqui – nos EUA ninguém mais esconde a guerra de preços.

Quando esteve em São Paulo, no início do mês, Jon Cielo, da THX, nos contou sobre a preocupação da indústria quanto à falta de conteúdo 4K, tema que será discutido num evento nos EUA em outubro, como mencionamos aqui semana passada. Uma outra preocupação refere-se aos fabricantes chineses, que já começaram a inundar as lojas mais populares, nos EUA e em alguns países europeus, com TVs 4K de baixíssimo custo (quase o mesmo de um Full-HD do mesmo tamanho). Vimos alguns deles na IFA – todos com aspecto descartável, apesar das belas imagens.

Vamos ver se o consumidor, principalmente o americano, cai nessa armadilha. Se não cair, a tecnologia 4K até que tem bom futuro.

Deixe uma resposta