Devialet, agora com show-room

devialet show roomFomos conhecer na semana passada o show-room da Devialet em São Paulo. A marca francesa é uma das mais badaladas atualmente no segmento de áudio high-end, após criar uma solução híbrida (digital+analógica) de processamento digital. Nesta semana, a empresa foi uma das atrações do High-End Show de Munique, onde exibiu sua nova linha de amplificadores integrados com ADH (Analog Digital Hybrid), agora introduzindo um software de processamento chamado SAM.

A proposta dos franceses, saudada por grande parte das publicações de áudio internacionais, é resgatar a pureza do som analógico a partir das fontes digitais usadas atualmente. Segundo eles, a tecnologia ADH, patenteada em 2010, utiliza dois sistemas de amplificação trabalhando em paralelo: são quatro módulos digitais e um analógico; os quatro fornecem a alimentação e em seguida o estágio analógico corrige as distorções para entregar às caixas o som original, em estéreo, preservado (neste vídeo, está a explicação ilustrada). A teoria é de que o amplificador analógico, livre da missão de carregar potência elétrica, pode executar melhor seu trabalho, eliminando as impurezas do sinal digitalizado.

Ainda de acordo com a descrição da Devialet, o processador SAM adapta o sinal às características da caixa acústica. Carlos De La Fuente, que junto com sua esposa Fabiana Dib é responsável pela marca no Brasil, me explicou que antes do lançamento foram feitos inúmeros testes com tipos variados de caixas. O amplificador híbrido pode ser ligado indistintamente a fontes de áudio digital, incluindo computadores e smartphones, via rede Ethernet, e produz música para audiófilo nenhum encontrar defeito (este vídeo é uma pequena amostra).

devialet1No Brasil, estão disponíveis quatro versões do Devialet (foto), com seu design peculiar clean, variando a potência e, claro, o preço. O modelo de entrada, com 100W, está na faixa de R$ 27 mil. Para quem quiser conhecer o show-room e ouvir a novidade, recomendo marcar hora, pelos telefones (11) 5051-4049 e 5052-0219. Vale a pena.

No comments yet.

Deixe uma resposta