Roku, rival do Netflix, a caminho do Brasil

22 de julho de 2019

Notícia divulgada no fim de semana pelo Variety, “bíblia” do entretenimento em Hollywood, anuncia os planos do Roku para investir fora dos EUA – e o Brasil é sua principal prioridade. Para quem não conhece, o serviço foi lançado oficialmente em 2008, um ano antes do Netflix, só que, ao contrário deste, já com corpo e alma de internet. Cresceu muito desde então, oferecendo streaming de parceiros de peso como Sony Pictures, Warner, Paramount e MGM. 

O modelo de serviço é diferente do Netflix, e mais parecido com Google Chromecast e Apple TV. Você adquire uma caixinha, que se conecta ao modem de banda larga, paga uma mensalidade de valor baixo e ganha acesso a milhares de conteúdos. Recentemente, uma empresa brasileira de nome GuigoTV anunciou serviço semelhante, mas por não ter tradição no mercado certamente terá mais dificuldade de emplacar.

Segundo o Variety (vejam aqui, em inglês), a Roku começou a publicar anúncios em sites de recrutamento visando contratar executivos no Brasil. O texto dos anúncios, em inglês, inclui trechos como este: “Queremos contratar pessoas para criar os conteúdos mais interessantes e atraentes para consumidores Roku no Brasil – um crescente e vibrante mercado de OTT”. A missão desses profissionais seria negociar diretamente com emissoras brasileiras e provedores de vídeo online, de modo que “uma família em São Paulo ou Rio possa curtir a melhor e mais ampla seleção de conteúdos para suas noites de sexta-feira”.

Oficialmente, porém, a empresa diz que “ainda estuda” investir no mercado brasileiro.

Detalhe: além dos receptores (como o da foto acima), a Roku comercializa em alguns países também TVs que dão acesso a seus conteúdos. Na última CES, em janeiro, a TCL foi uma das fabricantes que exibiu uma linha de TVs que já traz o serviço embutido.

2 Replies to “Roku, rival do Netflix, a caminho do Brasil”

  1. […] Roku, rival do Netflix e da TV paga nos EUA, planeja entrada no mercado brasileiro […]

Deixe uma resposta