Detalhando os novos caminhos da Globo

7 de outubro de 2019

 

Pouco mais de um mês atrás, publicamos aqui trechos de uma entrevista com Raymundo Barros, o homem designado pelo Grupo Globo para comandar uma verdadeira revolução tecnológica dentro da maior empresa de mídia do país. Nesse período, várias coisas aconteceram envolvendo o grupo que, como já comentamos neste outro post, se dispõe a enfrentar os gigantes globais (sem trocadilho) que estão chegando por aqui.

O Grupo inaugurou no Rio de Janeiro seus novos estúdios, onde passa a acelerar suas produções em 4K, incluindo os capítulos diários de algumas novelas; dias depois, inaugurou em São Paulo seu novo centro exibidor, todo baseado em comunicação IP, que processa e transmite os conteúdos dos dois principais canais da Globo (Grande SP e Interior do Estado). Aqui, os detalhes

Agora, estamos publicando a entrevista completa de Raymundo de Barros, com várias revelações sobre a estratégia do Grupo. Ele conta, por exemplo, que a Globo se orgulha de possuir hoje “a maior CDN do Brasil, com dados de 100 milhões de usuários”. CDN (Content Delivery Network) é o nome técnico das centrais de processamento de dados dos grandes grupos de mídia, hoje dotadas dos mais recentes avanços em Inteligência Artificial. 

Segundo Raymundo, nem Netflix, Amazon, YouTube etc. vão poder oferecer ao mercado – leia-se: não apenas o público consumidor, mas principalmente os anunciantes – o alcance e a variedade de conteúdos e formatos da Globo, em sua proposta Broadcast+Broadband. “Vamos melhorar a experiência do usuário na transição entre TV (aberta e fechada) e internet. Deve ser uma experiência tão fluida que ele nem irá perceber se o sinal está vindo da TV ou do nosso portal”.

Pode ser muito ambicioso, mas é exatamente esse o desafio das redes de TV em todo o mundo. O crescimento do Netflix abriu os olhos das outras gigantes da internet: Amazon, Google, Apple, Facebook, Microsoft… todas estão se organizando para entrar no segmento de TV, enquanto Disney, Warner, BBC e outras buscam parcerias no streaming.

No Brasil, só a Globo é capaz de encarar. 

Um comentario para “Detalhando os novos caminhos da Globo”

  1. Gilmar Souza disse:

    Globo…O público esta mudando e Vcs insiste com Ana Maria e seu papagaio corrigindo suas gafes e um Faustão com seu comportamento anti ético e inimputável falando bobagens aos domingos e agora pra variar um novo lixo chamado VAI COM TUDO,,,uma espécie de vídeo show piorado e muito mal feito e pior ainda ..mal apresentado..” é como se tivesse colocado qualquer pessoa pra apresentar qualquer coisa”.. ACORDA GLOBO!!

Deixe uma resposta