Mais banda larga para quem precisa

15 de março de 2020


Pelo menos três das maiores operadoras brasileiras anunciaram neste fim de semana medidas emergenciais para facilitar o acesso à internet e aos canais de TV paga. O objetivo, claro, é colaborar com o esforço – que nessas horas deve ser de todos – para enfrentar as consequências do coronavírus. 

A partir deste sábado, assinantes da Claro (NET) tiveram aumento gradual em suas velocidades de conexão fixa; e usuários da rede móvel passam a ganhar bônus para não estourarem seus planos. Foi liberado também o acesso gratuito ao aplicativo Coronavírus SUS, do Ministério da Saúde, que pode ser muito útil numa emergência. Pode ser baixado aqui para aparelhos Apple e aqui para Android.

A operadora anunciou ainda liberação de sua rede gratuita de hot spots Wi-Fi também para não-assinantes. Para os milhões de brasileiros que estão sendo obrigados a ficar em casa nestes dias, a Claro também abriu o sinal de seus canais HD e dos conteúdos ao vivo do Now. Medida semelhante foi tomada pela Oi TV, embora restrita apenas aos conteúdos Telecine e outros 11 canais.

Já na Sky, a liberação é bem mais ampla: são mais de 70 canais sem custo extra para o assinante, incluindo todos os Globosat e Discovery (mas não em HD). Alguns canais também podem ser acessados gratuitamente pelo serviço Sky Play.

Nenhuma das empresas fixou prazo para a promoção, que a princípio deve durar enquanto persistirem as restrições relacionadas à epidemia. 

Um comentario para “Mais banda larga para quem precisa”

Deixe uma resposta