A guerra dos players de streaming

24 de março de 2021

 

 

 

A entrada da Amazon no segmento de players 4K abre uma nova fase no mercado brasileiro de streaming. A gigante americana apresentou esta semana a versão mais avançada do Fire TV Stick, com controle remoto que já inclui o assistente Alexa e processamento avançado de áudio e vídeo (Dolby Atmos, Dolby Vision, HDR10+ etc). Tem o tamanho de um pen-drive (vejam na foto)!!!

Com esse lançamento, já são cinco as opções para quem quer melhorar o desempenho da sua TV smart, caso esta não seja das mais novas. Quem, por exemplo, possui uma TV adquirida antes de 2019 já deve estar incomodado com a lentidão no acesso aos inúmeros aplicativos. Faz parte. É como nos computadores, a troca periódica por modelos mais atualizados é o que sustenta a indústria desde que Steve Jobs ensinou que “o mundo pertence aos apps”.

Como já mencionamos aqui algumas vezes, todo televisor hoje é quase um “computador com tela”. Os recursos para ajuste de som e imagem se tornaram tão parecidos entre as marcas que deixaram de ser o único aspecto a se avaliar na hora da compra (vejam aqui).

Voltando aos players de streaming, estas são as cinco melhores alternativas atualmente em 4K: Claro Box TV, Apple TV, Elsys Android TV, Xiaomi Mi Box e Amazon Fire Stick. Outra boa opção – embora mais cara – é o console Xbox, que tem três versões 4K e também permite streaming. Insisto no “4K” porque, para quem prefere Full-HD, a variedade de ofertas na internet é simplesmente “inacompanhável”. Tão grande quanto a lista de xing-lings que, claro, só compra quem gosta de viver perigosamente.

O player mais vendido de todos continua sendo o Google Chromecast, mas no mercado americano a briga é boa com o Fire e o Streaming Stick, da Roku, que também vem embutido em alguns modelos de TV (no Brasil, faz parte das linhas AOC e Philco). A Roku, por sinal, lançou no Brasil a versão Roku Express. Vale lembrar que todo dispositivo USB é vulnerável a invasões e contaminações por vírus – HDMI também, mas muito menos. Por isso, é importante saber a origem do produto e onde é conectado.

A equipe da revista HOME THEATER & CASA DIGITAL está preparando um levantamento detalhado sobre esses players. Fiquem ligados.

Um comentario para “A guerra dos players de streaming”

  1. […] no site do fabricante.   FONTE: Aquário     Temas relacionados:   Players de streaming começam já tomam conta do mercado   Brasileiros passam até 7 horas por dia vendo TV e vídeo   Novo Apple TV será também […]

Deixe uma resposta