Estivemos semana passada no lançamento da Hisense no mercado brasileiro. A empresa é hoje a segunda maior fabricante de TVs no mundo, atrás apenas da Samsung, fornecendo para inúmeras marcas de segunda linha. Mas vem crescendo com a marca própria, na Europa e América do Norte, graças a uma combinação de alta tecnologia com marketing agressivo. Há anos temos acompanhado suas participações em feiras internacionais como CES e IFA, com estandes cada vez maiores.

Executivos da empresa no Brasil ainda são reticentes em fornecer informações sobre a estratégia para tentar repetir aqui a performance dos EUA, por exemplo, onde já é a segunda marca de TVs mais vendida. Mas chama atenção o foco em telas grandes – aliás, gigantes – que tínhamos visto em Las Vegas em janeiro (vejam aqui) e agora estão sendo mostradas às grandes redes de varejo.

O maior destaque, por óbvio, é a linha QD-MiniLED UX em tamanhos de 98″ e de incríveis 115″, capaz de atingir 10.000 nits de brilho. Essa especificação impressiona, mas é preciso lembrar que não existem – pelo menos não foram registrados até agora – conteúdos com esse grau de luminosidade. Mais importantes são o contraste, a sensação de profundidade, a definição e estabilidade das cores, aspectos que ainda não tivemos chance de analisar com a necessária atenção (vejam este vídeo gravado durante o evento da semana passada).

Das sete linhas de TVs que a Hisense anuncia para o Brasil, boa parte está na faixa acima de 65″, algumas em resolução 8K, o que mostra a aposta no segmento premium. Junto com sua parceira Multi, que já produz em Manaus as TVs Toshiba (marca adquirida pela Hisense em 2017), a gigante chinesa vem analisando o mercado brasileiro há cerca de dois anos. Deve ter estudado bem o processo de expansão de sua concorrente chinesa TCL, há nove anos instalada aqui.

Como se percebe, as marcas chinesas estão ocupando um espaço que antes pertencia às japonesas Sony, Panasonic, Sharp e a própria Toshiba, até serem superadas pelas coreanas Samsung e LG. Vejamos como se dará essa competição daqui por diante.

3 thoughts on “Os planos da Hisense no Brasil

  1. Olá Senhor Orlando .

    Primeiro meus parabéns pela matéria e como sempre competente e nota 10 em conhecimento em tecnologia !!
    Acompanhei a cobertura do Senhor e de outros colegas nas redes sociais e estou ansioso para saber se os TVs da Hisense realmente nos oferecerá o que justamente queremos de um belo TV ” qualidade de imagem ” como hoje nos oferece a tecnologia OLED !!
    Pelas minhas observações e do que nós oferecerá a venda dentro de alguns dias a Hisense tem como destaque os TVS U6N Mini Led , U7N Mini Led e a U8N com polegadas de 75 e 85 polegadas . Estou querendo comprar um TV de 55 polegadas mas como está difícil a queda de preço das OLEDs da Lg e Samsung der repente vou optar por um tv da Hisense . A Questão é que meu ambiente é escuro e será que o TV Mini Led será bem vindo Senhor Orlando ? Dos TVs a venda e em que o Senhor presenciou ligado em funcionamento de 55 polegadas saberia me indicar para a compra ?
    E em relação a assistência técnica se o TV apresentar alguma problema a Hisense se pronunciou ? Até agora não vi nenhum movimento quanto a esta questão !!
    Na medida do possivel aguardo a resposta do Senhor .
    Um forte abraço .
    JOSÉ CARLOS
    COLATINA ES

  2. Olá José Carlos, eu esperaria para ver as TVs Hisense no mercado. Estamos na expectativa de receber uma delas para teste, e ainda não vimos nenhuma nas lojas. Só depois disso será possível opinar, OK? Abs

  3. Olá Senhor Orlando .

    Grato pela dica e com certeza irei esperar e também com a absoluta certeza estarei na expectativa do resultado do teste por sua equipe de profissionais e eu sou um admirador de todos vocês !! Espero que a Hisense envie ao Senhor um belo Televisor para teste e assim vou definir a minha compra ou não !!
    Na Europa são muitos os elogios dos Televisores Hisense mas a questão é no Brasil o que disponibilizará a venda .
    Muito obrigado Senhor Orlando ,pela resposta .
    Um forte abraço .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *