Um segredo chamado HDR

2 de março de 2015

paletteA edição de março da revista HOME THEATER & CASA DIGITAL traz uma detalhada reportagem sobre a nova geração de TVs 4K e os avanços que esses aparelhos oferecem. Ao longo do ano, teremos no mercado (e comentaremos aqui) uma série de inovações que devem alterar significativamente a percepção da imagem nos TVs.

Uma delas chama-se HDR (High Dynamic Range) e, segundo alguns analistas, é o recurso mais importante até hoje na evolução dos TVs LCD. Trata-se de um processamento digital da imagem, capaz de ampliar a faixa dinâmica tanto em e contraste quanto nas cores. O algoritmo consegue identificar em cada quadro o ponto mais claro e o mais escuro, e também as gradações de cinza, resultando em imagens mais contrastadas. Como se sabe, essa sempre foi uma deficiência da tecnologia LCD, que nem mesmo os leds conseguem superar.

Em relação às cores, o processamento HDR atua de forma semelhante, identificando maior variedade de tons e, portanto, aproximando-se mais das cores naturais que enxergamos na vida real. Os leitores mais atentos devem se lembrar de quando comentamos aqui sobre algumas indefinições da tecnologia 4K, citando a tecnologia Dolby Vision, que está sendo adotada por alguns fabricantes. HDR produz exatamente o mesmo resultado.

Aguardem mais notícias sobre o assunto.

2 Replies to “Um segredo chamado HDR”

  1. Roberto disse:

    Prezado Orlando, há algum modelo de algumas das marcas comercializadas no Brasil que já oferece o recurso HDR?
    Obrigado

  2. Orlando Barrozo disse:

    Olá Roberto. Não, os TVs atuais ainda não estão preparados para HDR. Na verdade, eles precisam chegar a um acordo com os estúdios de cinema sobre as normas técnicas a serem utilizadas. Isso talvez aconteça este ano, mas não há prazo determinado. Abs. Orlando

Deixe uma resposta