As empresas mais inteligentes do mundo

6 de julho de 2016

Innovation-ball-IISaiu uma das listas mais aguardadas de todo ano: as 50 empresas mais inteligentes (smart) do mundo, segundo a publicação Technology Review, mantida pelo MIT (Massachussets Institute of Technology). Vale a pena ver porque indica para onde sopram os ventos da inovação. Pode até ser que, daqui a anos, algumas delas nem estejam mais por aí, mas é fato que se aperfeiçoaram em inovar e, com isso, conquistar mais clientes. Alguns comentários sobre elas:

*Amazon lidera a lista, da qual não faz parte a Apple (16colocada em 2015). Há explicações e especulações. A empresa de Cupertino já não consegue inovar na mesma velocidade de antes, diz o site da Forbes. Além disso, perdeu espaço na China, onde praticamente foi proibida pelo governo.

*Já a Amazon, além de ser há cerca de 15 anos o site de compras mais acessado do mundo (o que exige inovar sempre…), tornou-se referência também como central de armazenamento de dados para corporações. Nos últimos dois anos, ganhou milhares de pequenos clientes corporativos ao redor do mundo. E criou um sistema de entregas por drones que, para muitos, é o futuro do e-commerce.

*Na lista das 50 smart, seguem-se Baidu, gigante chinesa de buscas; Ilumina, maior do mundo na área de sequenciamento de DNA; Tesla Motors, dos carros e baterias elétricos; Aquion (armazenamento de energia); Mobileye (sistemas inteligentes para segurança de veículos); 23andMe (quase faliu, mas conseguiu se recuperar graças a um ousado marketing direto: vende testes de DNA ao consumidor final); Alphabet, criada pela Google em 2015 para promover pesquisas sobre novas tecnologias; Spark Therapeuticals, espécie de consórcio entre laboratórios para desenvolver soluções em terapia genética; e a chinesa Huawei (10colocada), gigante das redes digitais.

Deixe uma resposta