Está chegando o HDMI 2.1

6 de janeiro de 2017

Antes do que se esperava, acaba de ser divulgada a atualização do padrão de conectores HDMI. Se a mudança da versão 1.4 para 2.0 foi considerada “uma revolução” (vejam como foi), esta agora não deve chegar a tanto. Mas antecipa alguns bons passos. A nova especificação (HDMI 2.1), oficializada esta semana pelo HDMI Forum, vai muito além das necessidades da resolução Ultra HD e do processamento HDR, já comentados aqui. Oferece nada menos do que 48 Gigabits na transferência dos sinais, quase três vezes mais que a versão atual (18GB).

Essa capacidade é compatível com sinais 8K60, que na prática ainda não existem nas redes (o Japão está fazendo as primeiras experiências). A denominação “8K60” se refere à resolução, 16 vezes mais alta que a atual Full HD, e à frequência de leitura do sinal (60Hz). Segundo o HDMI Forum, será possível agora trabalhar também com sinal 4K120: resolução Ultra HD e frequência de 120Hz.

Muita siglas e números para memorizar? Sim, essa é a essência da indústria eletrônica, com suas periódicas atualizações. Se vai emplacar ou não, é outra história. Muitas regiões do mundo ainda lutam para implantar HD, como estamos vendo na novela da transição brasileira da TV analógica para a digital (vejam aqui). Mesmo profissionais experientes nem se acostumaram ao uso de 4K, e agora terão de correr atrás do 8K…

Para registro, eis os cinco principais mandamentos do HDMI 2.1:

*Resolução e frequência mais altas, para reproduzir inclusive imagens em movimento com maior eficácia;

*Processamento HDR em todo o trajeto do sinal, correspondendo a níveis mais altos de brilho, contraste, saturação de cores e detalhamento;

*Cabos e conectores compatíveis com material transmitido nas versões anteriores 1.4 e 2.0;

*Capacidade de processamento de áudio baseado em objetos, como Dolby Atmos, DTS-X e similares;

*Modos variáveis de renovação de tela (refresh rate), tendo em vista o segmento de games de alta resolução e suas necessidades de imagens fluidas e com níveis mais controlados de lag (tempo entre o acionamento no controle, ou joystick, e a visualização).

Os detalhes completos da nova especificação podem ser acessados aqui, em inglês. Fiquem ligados para as traduções que publicaremos nas próximas semanas.

Deixe uma resposta