Claro TV, Wi-Fi e fibra óptica

25 de agosto de 2019

Maior operadora de TV paga do país, a Claro – agora unificada com a NET, de quem herdou mais de 6 milhões de assinantes – está reforçando sua rede de fibra óptica, de olho na expansão dos serviços digitais. O plano é chegar até o fim do ano com 1,5 milhão de residências com esse tipo de conexão; hoje, são apenas cerca de 150 mil, segundo o site Teletime

Cabos com fibra são um grande avanço em qualquer sistema de comunicação porque, além de imunes a interferências, permitem velocidades maiores e ampliação da banda de transmissão. Ou seja, mais vídeo e acessos mais robustos e mais rápidos à internet, tanto para streaming quanto download e upload.  

Em junho, o país tinha, segundo a Anatel, 31,6 milhões de acessos de banda larga, sendo 7,2 milhões por fibra. É a modalidade de conexão que mais cresce (27% este ano). A Claro tem 30% desse mercado, e suas metas são ambiciosas, mas seus maiores competidores hoje não são Vivo nem Oi, como se poderia pensar, e sim as pequenas operadoras do interior. Ainda de acordo com a Agência, essas representam 67% de todos os acessos com fibra (vejam aqui os números completos).

Vivo e Oi, no entanto, já praticamente eliminaram as conexões via cabo coaxial, enquanto a Claro tem 98% de sua rede nessa modalidade. Como as redes sem fio não param de crescer, isso não necessariamente é um problema. Mas nada substitui – pelo menos por enquanto – a estabilidade de uma boa rede cabeada. E, para isso, fibra é fundamental. 

Segundo Marcio Carvalho, diretor de marketing do grupo Claro, do ponto de vista estratégico hoje vale mais a pena montar uma rede toda com fibra do que coaxial. “Mas muito mais relevante do que ser fibra ou não, nosso foco é ter soluções Wi-Fi na casa do assinante. Hoje, as limitações do Wi-Fi é que dificultam a experiência do usuário. Por isso, estamos investindo em novos serviços digitais que facilitem a comunicação sem fio. É uma experiência que a pessoa leva para todos os dispositivos”.

2 Replies to “Claro TV, Wi-Fi e fibra óptica”

  1. Fernando Rosa disse:

    Deixando claro que, se não em todos, em muitos casos a fibra óptica não entra na casa da pessoa, o que limita a tal qualidade que se poderia obter.

  2. Orlando Barrozo disse:

    Sim, Fernando. Segundo a Claro, eles já têm codec que melhora a qualidade do sinal na chamada “última milha”, que é a ligação do poste para a casa do assinante. Nas novas cidades onde estão entrando, só utilizam fibra, assim como já faz a Vivo. Abs.

Deixe uma resposta