Orlandobarrozo.blog.br

Tecnologia para tudo (e para todos)

Panasonic também fora do mercado de TVs

11 de agosto de 2021

Era apenas questão de tempo. Nesta quarta-feira, em entrevista ao site Pipeline (do jornal Valor Econômico), o vice-presidente da Panasonic no Brasil, Sergei Epof, confirmou o que grande parte do mercado já aguardava: a empresa não irá mais fabricar TVs no Brasil. Segue assim o exemplo da Sony, e pelos mesmos motivos: como não produzem os insumos usados na fabricação de televisores, especialmente o painel (que responde por 70% do custo final do produto), ambas não conseguem mais competir com coreanas e chinesas. No caso da Panasonic, a mesma decisão vem sendo tomada em outros países: a ideia é manter-se apenas nos maiores mercados.

“O segmento de TVs tem margens apertadas, e para ser competitivo é preciso ser verticalizado, com produção de outros componentes, como painéis, processadores e memórias”, explicou o executivo. Segundo ele, as TVs representavam 80% do faturamento da empresa em 2012, número que caiu para 8% em 2020. O market-share da marca no Brasil, que já foi de 9%, atualmente é de 1,5%.

Enquanto isso, vêm crescendo as vendas de linha branca, pilhas e produtos automotivos – no primeiro caso, a estimativa é de 50% a mais este ano. Além disso, a Panasonic continuará presente no segmento B2B, com câmeras de TV, projetores para grandes eventos e displays de uso profissional.

Para dar uma ideia de como as TVs perderam importância dentro do grupo, serão demitidos 130 funcionários da unidade de Manaus que lidam diretamente com esse item. Mas isso representa apenas 5% do total de 2.400 trabalhadores que a Panasonic emprega no Brasil.

Sem dúvida, é uma notícia para se lamentar, embora não possa ser considerada uma surpresa. Aguardamos mais informações da empresa sobre como ficam os revendedores e principalmente os consumidores que acabaram de comprar produtos Panasonic. Espera-se que haja mais transparência do que no caso da Sony.

3 Replies to “Panasonic também fora do mercado de TVs”

  1. JOSÉ CARLOS MARIANELLI disse:

    Olá Senhor Orlando Barrozo .

    A exemplo da outra Empresa de eletrônicos a Sony , agora foi a vez da também Japonesa Panasonic deixa o Brasil . Eu particularmente já estava esperando esta atitude pois como um apaixonado pelos televisores da Panas a muitos anos a mesma não nos oferecia os seus televisores top lançados la fora como a OLED JZ2000 lançada este ano na CES . Na verdade esta Empresa que liderou por anos o quesito ” qualidade de imagem ” em seus televisores da tecnologia Plasma deixou de acreditar no mercado Brasileiro e principalmente quando começou a perder espaço pelas sul coreanas LG e Samsung !! Pra mim a Panasonic vacilou pois se tivesse mantido os lançamentos de seus principais televisores e hoje OLED neste país iria incomodar e muito os concorrentes mas o problema é que o preço de seus televisores sempre foi salgado isto porque a Panasonic sempre apostou e confiou na qualidade ao extremo da imagem dos seus TVs e isto eu assino em baixo e no Brasil muitos ou a maioria não tem condições da aquisição de seus aparelhos ou seja os clientes não se baseiam na compra do seu TV pela qualidade de imagem e sim pelo menos preço e nesta opção tem as outras marcas .
    Eu tenho comigo até hoje e com muito orgulho o Plasma da Panasonic VT60 de 65 polegadas e uma das últimas a ser lançada no Japão e a qualidade é simplesmente espetacular no quesito contraste ,cores e etc. …. muito ao natural !! Com certeza eu fiquei triste por esta noticia ,o adeus da Panasonic para o Brasil pois meu sonho era adquirir um Oled da marca como o JZ2000 lançado na CES 2021 .
    Me baseando nas informações do Senhor Orlando e os testes com sua equipe é onde vou decidir qual televisor Oled , ou NeoQled irei comprar e estou nesta expectativa com certeza pois eu com certeza sou um apaixonado por vídeo e áudio mas tem que ter qualidade !!

    Mais uma vez : muito obrigado ao Senhor Orlando , pela matéria nos deixando sempre bem informados.

    JOSÉ CARLOS MARIANELLI
    COLATINA ES

  2. HEDSON MATSUSUKE TATIBANA disse:

    É lamentável a retirada das TVs Panasonic do mercado Brasileiro, pois, sempre confiei e apreciei a imagem e a qualidade dessas televisões!

  3. JOSÉ CARLOS MARIANELLI disse:

    Olá Hedson .

    Concordo plenamente contigo e assino em baixo .
    Eu também sempre observei nos televisores da panasonic uma imagem diferenciada e a marca Japonesa sempre procurou conquistar seus clientes justamente pela qualidade de imagem de seus televisores e assim foi principalmente com seus Plasmas e na época a disputa era com o plasma da marca Pioneer .
    Antes desta noticia em ter deixado o mercado Brasileiro eu ainda estava acreditando do lançamento no Brasil do seu televisor Oled 4k acima comentado por mim . Bem agora serei obrigado a adquirir outro televisor com outra tecnologia e tenho lá minhas duvidas quanto a Oled ou Neo Qled . A minha definição será baseada no que informar os Senhores Orlando Barrozo e Alex dos Santos e com paciencia …sem pressa ainda definirei !!
    Abraço a todos .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *