Pioneer, mais uma que se vai

1 de fevereiro de 2019

Não chega a ser surpresa, mas esta semana foi confirmada a compra da Pioneer pelo Baring Private Equity Asia, um fundo de investimentos sediado em Hong Kong. O valor do negócio é de US$ 904 milhões, uma pechincha considerando quanto essa marca já foi importante. 

Para quem não se lembra, a japonesa Pioneer esteve à frente de inovações como DVD, Laserdisc, TV de plasma e navegadores GPS. Foi também uma das primeiras a lançar um CD player para automóvel, produto que virou febre mundial nos anos 1990. O fundador Nozomu Matsumoto (1905-1988) criou o negócio em 1938 construindo alto-falantes na garagem de sua casa. Sua empresa foi um dos símbolos do chamado “milagre japonês”, o fenômeno da recuperação do país após a Segunda Guerra.

Nos últimos dez anos, a Pioneer entrou em declínio. Em 2009, suspendeu a fabricação de displays e seus acionistas, em meio a seguidos prejuízos, venderam parte do grupo para a Sharp, hoje pertencente à chinesa Foxconn. A foto acima mostra o enorme estande da empresa em seu último ano de glória (2012), na CES. Em 2014, foi vendida sua divisão de home theater para a Onkyo, restando à Pioneer apenas uma boa presença no segmento de sistemas automotivos. Este, porém, também é um setor em queda, com a popularização dos aplicativos para smartphone.

Quase todo mundo que conheço já teve algum produto da Pioneer. Parece ter chegado a hora de dizer adeus.

3 Replies to “Pioneer, mais uma que se vai”

  1. Elias disse:

    Lamentavel noticia. Essa gugante japonesa como, Kenwood e Nakamichi por exemplo faz MUITA falta ao mercado.

    A Pioneer, foi uma empresa que inovou muito em audio, video e som automotivo (Que diga a clássica linha Carrozeria).

    Eu tenho dois video laser da Pioneer, (apenas um funciona) tape deck para 6 fitas (isso mesmo seis, uma reproduzindo e cinco sendo trocadas, porem precisa de conserto), e alguns CD Players e cartucheiras para CD.

    So espero que esses caras que comoraram não afundem a marca, ou diminua a qualidade dos produtos ou, qualquer outra ação ruim.

    Eu, trabalhei duas vezes nessa marxa enquanto ela estava no Brasil, vai deixar saudades!!

  2. aDELMO disse:

    Quando a Sharp comprou grande parte da Pioneer anos atrás eu particularmente já vislumbrei o pior.

    O povo do AVSFORUM na época deu o alerta para que os membros adquirissem os produtos “puros” da Pioneer que estavam no mercado porque dos futuros SHARPIONEER (produtos Pioneer sob a gestão da Sharp) não se poderia esperar muita coisa em termos de qualidade.

    Foi a crônica da morte anunciada de uma empresa que foi instrumental para a evolução do mercado hi-fi, lá pelos anos 70.

    Triste, muito triste.

  3. […] Em queda, japonesa Pioneer é comprada por um fundo de investimento […]

Deixe uma resposta