Orlandobarrozo.blog.br

Tecnologia para tudo (e para todos)

QD-OLED chega em 2022. Será?

4 de agosto de 2021

Um site de economia chamado Korea Economic Daily divulgou na semana passada, citando “fontes da indústria”, que a Samsung decidiu mesmo lançar TVs com painel híbrido QD-OLED no primeiro semestre de 2022. Se os planos não forem alterados, o produto – em versões 55″ e 65″ – será exibido na CES de Las Vegas, em janeiro.

Como comentamos em março, neste post, a Samsung estava na dúvida sobre a conveniência de lançar uma nova tecnologia em meio a tantas variações de painel este ano: já tivemos os Neo QLED, que são painéis de pontos quânticos com backlight de minileds; e em agosto estão saindo os QNED, da LG, com estrutura parecida. Daqui até o final do ano, a Samsung deve lançar os primeiros MicroLED, para bater de frente com os OLED da rival – que, aliás, também acabam de ganhar nova versão (OLED Evo).

Agora, segundo as fontes citadas pelo site coreano, a estratégia foi definida: posicionar MicroLED como produto top, enquanto QD-OLED seria um intermediário entre MicroLED e Neo QLED. Se for verdade, será uma aposta e tanto! Um dos principais problemas da indústria em geral, hoje, é explicar para o consumidor as diferenças entre essas siglas todas. Se a Samsung conseguir, será sem dúvida um novo case de marketing.

As mesmas fontes indicaram que a Samsung já tem funcionando uma fábrica de MicroLED no Vietnã, de onde estão saindo TVs de 110″ principalmente para o segmento corporativo. E que essa fábrica está sendo ampliada para produzir também versões de 77″ e 88″, destinadas ao mercado residencial.

Evidentemente, todas essas informações devem ser tomadas com cuidado, até porque não se sabe quem são as tais “fontes”. Em maio, circulou em sites internacionais a notícia de que a Samsung estaria comprando nada menos do que 5 milhões de painéis OLED da LG para produzir seus TVs QD-OLED. A se confirmar, seria a notícia mais exótica do ano, já que a empresa sempre criticou a qualidade dos painéis da concorrente.

Nessa história toda, chama atenção o fato de até agora nenhuma imagem dos TVs QD-OLED ter vazado (a foto acima é uma das poucas, mas visivelmente criada em computador). Será que eles existem mesmo? Aguardemos por notícias mais detalhadas (e confiáveis).

Um comentario para “QD-OLED chega em 2022. Será?”

  1. […] 10/08/2021 em Notícias Para quem valoriza o design e/ou gosta de aproveitar ao máximo o espaço na sala, uma das grandes novidades do mercado é a TV OLED evo, da LG, que foi projetada para instalação na parede. Com tela ultrafina em moldura especial, o modelo OLED G1 (“G”, de Gallery) pode ser facilmente montado numa parede plana, o que contribui para a elegância do ambiente. Além do painel de leds orgânicos, a TV OLED evo (de “evolução”) – que está sendo lançada em tamanho de 65” – traz uma nova solução da LG que aumenta em 20% a luminosidade. Segundo o fabricante, isso resulta em ganhos na profundidade da imagem, no volume de cor (com mais variações de tonalidade) e melhor reprodução de conteúdos gravados em HDR (High Dynamic Range). Com recursos de Inteligência Artificial, a nova TV OLED evo traz a plataforma ThinQ, da LG, que permite comandar outros aparelhos da marca. Vem ainda com os assistentes de voz Alexa e Google já instalados, além do Apple Home Kit e da conexão AirPlay2, para dispositivos Apple. A TV também pode ser acionada por voz, a partir de uma caixa Amazon Echo, recurso atualmente exclusivo da LG. Entre os recursos de ajuste de imagem, destacam-se Dolby Vision IQ, HDR10 e o Modo Cineasta; a OLED evo também oferece reproduz áudio Dolby Atmos e o ajuste AI Sound Pro, que analisa o sinal original para reprodução mais precisa conforme o tipo de conteúdo (filme, música, esporte etc). O recurso Bluetooth Sound Ready permite conectar à TV duas caixas acústicas sem fio para ampliar a sensação de envolvimento. E para os gamers, a TV OLED evo vem com recursos avançados para melhorar a experiência de jogo, a começar dos 4 conectores HDMI 2.1, que rodam sinal 4K Dolby Vision na frequência de 120Hz, outra exclusividade da LG. Traz ainda processamento Nvidia G-SYNC e recursos para otimizar o tempo de resposta aos movimentos dos jogos. Para a montagem da TV OLED evo, a LG oferece o suporte Gallery Stand (vendido separadamente), que amplia as possibilidades de instalação conforme o design do ambiente. FONTE: LG     Temas relacionados:   LG apresenta suas linhas de TV 2021, com OLED e MiniLED   Emmy Awards indica OLED como melhor tecnologia de displays   Veja as imagens das novas TVs OLED LG 2021   Samsung prepara TVs QD-OLED para início de 2022 […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *