Orlandobarrozo.blog.br

Tecnologia para tudo (e para todos)

QD-OLED: acordo LG-Samsung em risco

11 de janeiro de 2022

A tecnologia QD-OLED foi um dos grandes assuntos da CES, apesar da confusão em torno da desistência da Samsung em apresentar a novidade, como relatamos aqui. E deve continuar sendo discutida ao longo deste ano, principalmente se confirmado o lançamento comercial. Quase todos os sites especializados internacionais elegeram esse o principal “lançamento” da CES, apesar de terem havido poucas demos e ainda restarem dúvidas sobre se chegará mesmo ao mercado, e quando

A Sony, primeira a demonstrar o produto ao público na CES, anuncia que estará nas lojas dos principais países ainda neste semestre; a Dell apresentou o primeiro monitor QD-OLED, de 34″, previsto para março. Mas, como sabemos, tudo isso pode mudar, ainda mais com o agravamento da crise sanitária que está afetando quase todos os segmentos da economia mundial.

Curioso é que, enquanto a Dell confirma que em seu monitor (foto abaixo) utiliza painel fornecido pela Samsung, a Sony simplesmente fugiu dessa explicação durante toda a CES. Outra curiosidade: a Samsung não adota a denominação “OLED” ao tratar dessa tecnologia; prefere chamá-la “QD-Display”. Coisas de uma feroz competição comercial.

 

 

 

 

Na semana passada, quando revelou-se que a Samsung não iria mostrar o produto na CES, surgiu uma série de rumores. Para produzir o aparelho, a Samsung teria negociado a compra dos painéis OLED com a própria LG, sua arqui-rival. Tratamos desse tema aqui, em dezembro.

Em Las Vegas, surgiram notícias de que a desistência da Samsung deveu-se a uma divergência em torno do preço dos painéis. A LG Display teria concordado em cobrar menos do que paga a própria LG Electronics (são empresas diferentes, embora do mesmo grupo). Mas a Samsung teria exigido pagar ainda menos.

Diz o bem informadíssimo site chinês The Elec que a LG cobra 600 dólares por um painel OLED de 65″ e que a Samsung só topa pagar 500!!! Detalhe: a LG produz três tipos diferentes de painel e, enquanto a Sony compra o tipo mais caro, a Samsung busca o mais barato. Sua ideia seria lançar também TVs OLED, só que numa faixa de preço abaixo das atuais Neo QLED. A negociação envolveria um total de 2 milhões de painéis.

Tudo isso, de novo, a confirmar.

4 Replies to “QD-OLED: acordo LG-Samsung em risco”

  1. JOSÉ CARLOS MARIANELLI disse:

    Olá Senhor Orlando Barroso .

    Será que nestes lançamentos de ” saladas ” de siglas não estão apenas tentando criar algo para demonstrar apenas a chegada de uma nova tecnologia ou para tentar impressionar os apaixonados por televisores ? ? Será que muda mesmo tanto na prática quanto as diferenças em visão de um cidadão relacionado a qualidade de imagem ? Estou eu fazendo a pergunta ou a comparação se assim posso chamar me referindo a qualidade de imagem de um TV OLED .
    Não sei se conseguir fazer corretamente a pergunta mas resumindo quis dizer : Tvs que usam a tecnologia OLED,OLED Evo , Nano Cell, QLED , Neo Qled , QNED MiniLed , Cristal ,LED etc etc será mesmo que todas ligadas e bem calibradas ,ajustadas terão larga diferença em qualidade de imagem ? Sei sim pois tive a oportunidade de ver ligado em que os Televisores OLED impressionam quanto a qualidade de imagem com cores vivas e um contraste carvão !!
    Um forte abraço

  2. […] Acordo entre Samsung e LG para QD-OLED está em risco […]

  3. Orlando Barrozo disse:

    Olá Zé Carlos, feliz 2022! De fato, OLED continua sendo a referência em termos de qualidade. Pelos testes que temos feito, as TVs com backlight MiniLED são as que mais se aproximam: QNED da LG e Neo QLED da Samsung. Aguardamos a chegada das QD-Zero (TCL) e MicroLED (Samsung), que pelas descrições até agora são melhores ainda. Abs.

  4. Rubens disse:

    Achava que Sony e Samsung fossem focar mais no Micro LED, mas pelo custo deve ficar restrito somente ao público de alta renda e institucional. De qualquer forma, lançaram algo que finalmente vai bater de frente com a OLED, já estava na hora. Que venham os reviews e comparativos. Depois do fim das Plasmas e tecnologias que não foram pra frente, como FED e SED, é bom demais ver o tanto que OLED evoluiu e lançamentos como Micro LED e QD-OLED.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *