Novos TVs e a Inteligência Artificial

22 de janeiro de 2019

Conversando em Las Vegas com Igor Krauniski, gerente de produto da empresa, ficou claro que a estratégia da LG é muito focada em AI, que a empresa chama de ThinQ. Vai muito além da facilidade nas buscas e na comunicação com outros aparelhos: “A nova versão do nosso processador Alpha 9 trabalha com milhões de informações”, diz ele. 

AI ThinQ é como a LG identifica todos os seus produtos capazes de se comunicar entre si, com ou sem assistente de voz. Já no ano passado, haviam sido lançados os primeiros aparelhos dessa categoria, que agora deve se ampliar. Seguem a tendência atual dos fabricantes, de “embarcar” nos eletrônicos toda sorte de softwares, sensores e o que mais for possível. Exemplo concreto: cada TV no futuro virá com microfone e poderá fazer as vezes de um Alexa. O usuário nem precisará levantar do sofá.

Durante a CES, fizemos um tour numa sala privada da LG, onde uma executiva explicava a estratégia do grupo. A partir de agora, AI ThinQ fará parte de todos os TVs OLED e LED-LCD 4K, além de smartphones e das principais linhas de eletrodomésticos da marca. “Quando se fala em inteligência artificial, fica no imaginário das pessoas a questão da busca e de comandar a TV por voz. Mas é muito mais do que isso”, explica Krauniski.

Segundo ele, trata-se de levar ao limite os conceitos machine learning e deep learning, ou seja, aprendizado contínuo dos aparelhos baseado em análises de dados. Como já mostramos neste outro post recente, um processador de AI tem acesso permanente a bancos de dados que permitem identificar os hábitos do usuário, os conteúdos que assiste, e também os parâmetros de áudio e vídeo que prefere. 

Um detalhe importante é que a nova geração de TVs passa a contar com a versão 2.1 do conector HDMI, já preparada para trafegar essa gigantesca quantidade de dados. Os TVs top de linha das principais marcas saem nos próximos meses com esse importante adendo. Outros dois itens que a LG promete:

*Backlight Local Diming nos modelos LED-LCD 4K de ponta; os atuais ainda utilizam painel interno do tipo Edge-lit, bem inferior.

*HFR (High Frame Rate) em todos os TVs OLED e LED-LCD 4K, valendo nos conteúdos gerados por streaming dentro do próprio TV e naqueles recebidos através do conector USB. A frequência mínima passa a ser de 120Hz (hoje, a maioria trabalha com no máximo 60Hz).

7 Replies to “Novos TVs e a Inteligência Artificial”

  1. Fernando Rosa disse:

    Tudo o que precisamos é uma TV que fica ouvindo o que dizemos em casa… Em tempo, nunca levantei do sofá por causa da TV, pelo menos não depois que inventaram o controle remoto.

  2. Orlando Barrozo disse:

    Em tempo: a TV não “fica ouvindo”, ela só ouve o que você quer que ela ouça. Abs.

  3. Nomura Ricardo disse:

    Desafio o Sr. Orlando Barroso a instalar um Wireshark na rede e capturar o tráfego que a sua Smart TV gera quando está desligada, muito antes do Vault 7 liberado em 2017 que falava dentre vários absurdos o caso das Smart TV’s Samsung que tinha uma função “fake off” nós já denunciamos a questão em 2013, não apenas com Smarts da Samsung mas da LG, Sony e todas as outras.

    E um detalhe MUITO IMPORTANTE, a configuração da TV que dizia enviar dados para o fabricante estava desligada e nenhum aplicativo foi instalado nela.

    Em 2015 a Samsung passou a incluir o seguinte aviso:
    “Por favor, esteja ciente que se suas palavras incluírem dados pessoais ou outras informações sensíveis, essa informação estará entre os dados capturados e transmitidos para terceiros pelo uso do reconhecimento de voz”

    Muitas Smart TV’s que não tem microfone podem usar o próprio alto-falante como tal e isso não é teoria da conspiração:
    https://www.youtube.com/watch?v=9X1JndFSjIA

    O manual de serviço da TV Sony Bravia 47W805A por exemplo não possuí nenhum esquema elétrico, o fabricante indica que se houver problemas com a placa ela deve ser descartada e trocada por outra.

    Infelizmente isso não se limita apenas a TV’s mas a tal “internet das coisas” também.

    Sugiro uma pesquisa por Foreign Intelligence Surveillance Act (FISA), em resumo as empresas americanas são obrigadas a colocar um “backdoor” em todo e qualquer equipamento eletrônico, que vai desde processadores, placas de rede, etc,
    etc.

    https://www.zdnet.com/article/coalition-of-tech-giants-hit-by-nsa-spying-slams-encryption-backdoors/
    https://www.eff.org/pages/backdoor-search
    https://www.wired.com/story/fisa-section-702-renewal-congress/
    https://twitter.com/EFF/status/975134181465509890
    https://www.justsecurity.org/47282/backdoor-search-loophole-isnt-problem-dangers-global-information-sharing/

    Não se esquecendo que até hoje existem roteadores com backdoor funcionando e TP-Link não é o único.
    https://sekurak.pl/tp-link-httptftp-backdoor/

  4. Orlando Barrozo disse:

    Ricardo, não entendi nada, mas ainda assim agradeço suas observações. Abs.

  5. Celso Miguel disse:

    Em resumo, Orlando, o que o Ricardo disse foi que as TVs, infelizmente, ouvem, sim, tudo o que dizemos, independentemente de querermos ou nao que elas facam isso. Alias, nao apenas os aparelhos de TV. Ha muito vem sendo realizadas demonstracoes de que isso acontece. Muitos veiculos especializados ja realizaram esses experimentos. E, como observou o Ricardo, nao se trata de “teoria da conspiracao”. E o melhor de tudo e ver a briga entre americanos e chineses, por conta da Huawei, como se os proprios EUA nao fizessem isso. A questao e: nao ha como escapar disso, a nao ser nao possuindo TVs smart. Lamentavel e assustador, mas e a verdade.

  6. Ric disse:

    Eu entendi 100% o que o colega disse e concordo… Sim, sua TV está te ouvindo… independentemente de sua vontade.

  7. Elias - Mundo Digital disse:

    Dessa vez, eu concordo com o colega Nomura Ricardo, infelizmente, isso é fato. Exemplo? Quando o tal do Mark Zuckerberg foi flagrado em um foto na qual ao fundo foi flagrado o Mac dele com uma fita em cima da câmera, todo mundo ficou esperto, entrou na prevenção de fazer o mesmo e etc, eu, já usava fita para proteger as cameras de TODOS os meus dispositivos a pelo menos 39 meses antes do Mark, e eu era tido como louco, alienado, possuído, idiota, nerd e etc pelo fato de eu ter feito isso (Muitos ainda acham até hoje isso), mas quando o magnânimo poderoso das redes sociais Mark Zuckerberg fez isso, todo mundo copiou ele, começou a seguir o exemplo dele, mas eu, um simples e anonimo sujeito foi e é visto como idiota.

    Vejam um link geral de pesquisas relacionadas ao meu exemplo acima

    https://www.google.com/search?q=mark+zuckerberg+protege+cameras+do+lap+top&oq=mark+zuckerberg+protege+cameras+do+lap+top&aqs=chrome..69i57.13825j0j7&sourceid=chrome&ie=UTF-8

    Oque eu quero dizer com isso? SIM, o Nomura está correto, nas afirmações, infelizmente Orlando, isso existe, temos que ter muito cuidado com com IoT.

    Ab$ a todos.

Deixe uma resposta