Orlandobarrozo.blog.br

Tecnologia para tudo (e para todos)

Seis tipos de tela para escolher

13 de novembro de 2021

 

 

 

 

A edição de novembro da revista HOME THEATER & CASA DIGITAL traz um guia especialmente dedicado a quem está pensando em trocar de TV neste final de ano. É um serviço que já tornamos tradição e que os leitores aguardam com expectativa. Mas, desta vez, há uma razão a mais: 2021 foi prolífico para o segmento de TVs, acentuando a já acirrada disputa entre os principais fabricantes.

Ao longo do ano, discutimos aqui algumas das inovações que chegaram. Agora, os leitores podem vê-las comparadas e conferir, de fato, o que há de novo em cada modelo. Além dos painéis LED/LCD tradicionais, que continuam sendo os mais vendidos porque concentram-se nos tamanhos menores e nos modelos mais baratos, são nada menos do que cinco categorias de telas que o consumidor encontra nas lojas:

QLED – Samsung, TCL e agora também Toshiba continuam apostando nos painéis de pontos quânticos, que representam um bom avanço da tecnologia LCD.

NanoCell – TVs LED/LCD da LG que possuem uma camada extra de elementos luminosos (células), produzindo resultados semelhantes aos QLED.

Neo QLED – A Samsung decidiu aprimorar os painéis QLED com o backlight MiniLED, que aumenta muito a intensidade luminosa e permite melhor controle de cada led por trás da tela.

QNED – Resposta da LG que une os três tipos de painel: miniled, células e pontos quânticos. Ainda não testamos.

OLED – Com Sony e Panasonic deixando o mercado brasileiro, a LG permanece como a única nesse departamento. Além dos painéis orgânicos convencionais (os melhores em termos de contraste e profundidade da imagem), tem agora o modelo G1, de 65″, com painel “evo”. Como mostramos neste post, cada led é revestido de um material orgânico especial que, segundo o fabricante, aumenta em 20% a luminosidade, parâmetro em que até agora o OLED perdia para o LCD.

A Samsung ampliou este ano sua linha Crystal UHD, formada por TVs LED/LCD com processador mais avançado, que entregam níveis de contraste melhores que os modelos tradicionais. Além de uma QNED, falta-nos agora avaliar com mais cuidado a QLED MiniLED da TCL (mod. C825) – vejam aqui.

Depois, só ficará faltando mesmo testar uma MicroLED The Wall, que a Samsung está vendendo apenas por encomenda. Mas essa fica para 2022.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *